Economia Educação

16ª Coordenadoria de Saúde está em processo de mudança para Estrela

Diretora administrativa da Secretaria da Saúde, Vera Oliveira (4ª esq.p/dir.) disse que transferência será agilizada

Representantes da Secretaria Estadual da Saúde e do órgão vistoriaram o local na tarde desta quarta-feira

 
A 16ª Coordenadoria Regional de Saúde já está em processo de transferência para Estrela. Na tarde desta quarta-feira (26.06) representantes da Secretaria Estadual da Saúde e da Coordenadoria visitaram o local onde será instalada, no prédio da antiga Polar, para vistoriar as dependências. “Estamos aqui para agilizar o mais rapidamente a transferência”, disse a diretora administrativa da Secretaria da Saúde, Vera Oliveira. Segundo ela, a determinação está tomada e num primeiro momento serão ocupados o 2º e 3º pavimentos. As plantas estão finalizadas e o próximo passo é a realização do Programa de Necessidades, que é referência para a contratação dos serviços que devem ser executados. Ela não estimou, no entanto, prazo para que se inicie a mudança.
Conforme a diretora, nesta quinta-feira (27.06) haverá uma reunião na Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs), para a qual será solicitada prioridade em atender o prédio no que diz respeito às instalações de informática. Além da diretora administrativa, acompanharam a visita o diretor administrativo adjunto, Gilmar Fonseca e o coordenador do Suporte Técnico em TI, Lucas Borges, da Secretaria da Saúde. Da Coordenadoria participaram o arquiteto Maurício Ewald, a engenheira civil Lany Ramos e a administradora Elizete Scherer. 
O secretário da Saúde Elmar Schneider recebeu o grupo e falou sobre a importância da instalação do órgão em Estrela. Em primeiro lugar, segundo ele, porque isto garante a permanência da Coordenadoria na região. Para Estrela, conforme ele, é relevante porque virá qualificar os serviços em saúde. “Estamos trabalhando para que nosso município seja referência em ortopedia e traumatologia. Hoje nossos pacientes são levados a Canoas ou Porto Alegre, e a vinda da 16ª para cá fortalecerá este processo”, disse.  
O espaço onde o órgão vai funcionar foi cedido pelo município ao Estado por um período de dez anos. A área total é de 1.664 metros quadrados, no prédio da antiga Polar. A Biblioteca Pública e a Secretaria de Educação, que funcionavam no prédio, já estão em novas dependências, respectivamente no Centro Cultural, na Rua Bruno Schwertner, e na prefeitura.
Texto: Paulo Ricardo Schneider
Crédito das fotos: Maiele Royer
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Estrela