Saúde Encantado RSS Destaques

1º Fórum de Enfermagem dos Vales foi um sucesso

Luana abriu as atividades (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)
Luana abriu as atividades (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)

Em torno de 80 pessoas oriundas de Encantado, Teutônia, Roca Sales, Progresso, Sapiranga, Dois Lajeados, Lajeado, Muçum, Nova Bréscia, Estrela, Serafina Corrêa e Arroio do Meio participaram da 1ª edição do Fórum de Enfermagem dos Vales, que ocorreu no dia 17, em Encantado. O evento procurou promover a reflexão, e a troca de experiências, fortalecendo o exercício da Enfermagem, buscando conhecimento, qualidade e segurança nas ações. A atividade foi promovida pela Lume Centro de Educação Profissional, com a parceria técnica do Hospital Beneficente Santa Terezinha de Encantado, no Clube Comercial de Encantado.

O evento iniciou com a palestra da psicóloga Luana Gasparetto Fontanella, que falou sobre “Vida x Morte: Luto (a)…”: A atividade procurou fortalecer o profissional de enfermagem no momento difícil que é a morte. “Precisamos desmistificar a ideia de que os profissionais da enfermagem lidam melhor com a morte do que os outros”, ressaltou Luana. Ela também contou a sua experiência como psicóloga Voluntária no atendimento aos familiares, sobreviventes e trabalhadores envolvidos no incêndio da Boate Kiss em Santa Maria, no ano de 2013.

A palestra foi elogiada pela enfermeira, Adelaide Maria da Cunha, que trabalha há 28 anos no Hospital Beneficente Roque Gonzales, de Roca Sales. “Temos que pensar e refletir sobre isso. É difícil lidar com a morte, pois nós somos humanos também. A palestra deu uma noção de como poderemos trabalhar melhor”.

Equipe do Hospital (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)
Equipe do Hospital São Francisco de Concórdia (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)

Na sequência, a equipe do Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital São Francisco – Concórdia/SC falou sobre os “Protocolos de Segurança do Paciente”. Eles trouxeram para discussão dois dos demais protocolos de segurança do paciente. O doutor Fernando Belatto apontou para a importância que a legislação tem nas ações diárias da enfermagem; o farmacêutico Daniel Bertuzzo, falou da importância da farmacovigilância em centro cirúrgico; e a Enfermeira Franciele Bernardi ratificou a importância da realização do protocolo da cirurgia com cumprimento desde a internação até a alta do hospital.

Outro tema abordado durante o evento foi a classificação de risco no serviço de emergência quando esta trás a garantia de prioridade para os casos graves. A atividade foi ministrada pelo Enfermeiro e Conselheiro do COREN/RS, João Carlos da Silva. Ele também enalteceu a importância do Fórum. “Esses eventos servem para integrar os profissionais, promover a troca de experiências, estimular o desenvolvimento do profissional. São assuntos desencadeadores de aperfeiçoamento necessário para o atendimento qualificado”.

João Carlos representou o Coren (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)
João Carlos representou o Coren (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)

A palestra da enfermeira, Maria Julia Paes da Silva, encerrou as atividades com chave de ouro. De forma carinhosa e emocionante ela fez um resgate da importância da Enfermagem com “o desafio de ser e de fazer o melhor” todos os dias.

O evento foi muito bem avaliado pelo público. “Tudo foi muito válido. Eu não imaginei que os assuntos seriam tão importantes. A segurança do paciente foi um dos assuntos que mais me marcou, pois não é algo tão observado na unidade Básica de Saúde, mas que devemos ter atenção também. Além disso, me senti muito acolhido no espaço. A organização do ambiente proporcionou a troca de experiências com os colegas”, afirmou o enfermeiro responsável pela coordenação da atenção básica de Serafina Corrêa, Likmayer Cruz.

Maria Júlia fechou as atividades (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)
Maria Júlia fechou as atividades (Foto: Juremir Versetti/Chinelagem Press)

Para os organizadores a primeira edição do Fórum foi um sucesso. “Neste Fórum buscamos temas e palestrantes que ousassem nas suas exposições trazendo para os profissionais presentes a reflexão e a socialização do conhecimento, o que foi plenamente atingido” comemora a Enfermeira Dorli Diehl, que é coordenadora de Enfermagem do Hospital Santa Terezinha de Encantado e do curso Técnico em Enfermagem da Lumecep.

O primeiro Fórum de Enfermagem dos Vales foi organizado pela Lume Eventos e teve o patrocínio do Plano de Saúde São Camilo, o apoio institucional do COREN/RS, do Sindicato dos Hospitais Beneficentes e Religiosos e Filantrópicos do Vale do Taquari e Secretaria de Saúde de Encantado.

Texto: Ascom Fórum