Artigos - Saúde e Bem-estar

7 dicas para dormir bem

Confira estratégias que colaboram para o sono

Seu cérebro precisa de descanso para reorganizar as ideias. É durante o sono que ocorre a consolidação da memória. O repouso é fundamental para que a massa cinzenta processe o que é relevante e delete o que não é mais necessário. Ademais, o sono traz tranquilidade e repõe energias.

Veja agora alguns macetes que colaboram para o adormecer:

1) Troque proteínas por carboidratos
A proteína do bife pode ativar o sistema simpático, aumentando as descargas de adrenalina. Por isso, a temperatura corpórea e a pressão arterial tendem a subir e, isso não combina com a hora de ir para a cama. Por sua vez, o carboidrato das massas e dos pães colabora para a produção de substâncias como a serotonina, aliada contra a ansiedade e a insônia. Que tal uma sopa de macarrão com vegetais?

2) Não coma muito
Barriga cheia e sono não combinam. Isso porque o organismo se ativa para processar alimentos e, com a movimentação no estômago, fica mais difícil relaxar.

3) Apague todas as luzes
Desligue a TV e o computador, a luz desses aparelhos interfere na produção de melatonina, hormônio que avisa o cérebro que é hora de dormir.

4) Evite estimulantes
Após anoitecer, não consuma substâncias que estimulem o sistema nervoso central. A cafeína é um das mais conhecidas e acessíveis, já que está presente no café, no chocolate e nos chás preto e verde. Esses alimentos também costumam concentrar xantinas, outro grupo estimulante, porém, menos famoso.

5) Não fique na cama ao léu
Não leve o computador ou palavras cruzadas para a cama. Deite-se apenas quando realmente for repousar. É melhor se levantar e ir em busca do sono por meio de uma atividade relaxante em outro local do que ficar brigando com o edredom.

6) Não exagere no álcool
A sensação de moleza que a bebida alcoólica proporciona parece ser bem-vinda a quem busca dormir em paz. Logo após alguns goles ocorre sonolência, já que o álcool relaxa algumas funções cerebrais. Entretanto, as bebidas também podem afrouxar, por assim dizer, estruturas da região da faringe, do palato mole e da úvula. A respiração fica comprometida porque o ar não passa por ali como deveria. O resultado é o ronco, que prejudica as fases do sono. Nesse caso, é quase certo que você vai acordar no meio da noite.

7) Mantenha uma rotina
Obedeça ao barulho estridente do alarme do despertador, que deve ser regulado sempre para o mesmo horário, dependendo do ritmo de cada um. Isso ajusta o relógio interno da maioria dos indivíduos.

 

*Texto produzido em parceria com o portal Leet Doc

Crédito imagem: https://www.catalunyapress.es/