Destaques Eventos Ilópolis RSS

8ª edição da Turismate foi um sucesso

Autoridades destacaram o sucesso do evento (Foto: Rodger Timm)
Autoridades destacaram o sucesso do evento (Foto: Rodger Timm)

Nos dias 17, 18 e 19 de novembro foi realizada a Turismate – a festa da erva-mate, no Parque do Ibama, em Ilópolis. Criada em 2003, neste ano, a Turismate chegou na sua oitava edição. A festa teve por objetivo divulgar o potencial de Ilópolis, valorizar a cadeia produtiva da erva-mate, estimular novos conhecimentos, fomentar a economia local e regional, promover atividades técnicas, proporcionar momentos de lazer, diversão e integração. Mais de 15 mil pessoas passaram pelo Parque do Ibama nos três dias de festa.

Na cerimônia de encerramento, o presidente da Turismate, Fernando Dapont, agradeceu o setor ervateiro, o comércio local, todos os expositores, todos que trabalharam e em especial a comissão organizadora do evento. “Nesses três dias caminhamos por toda a feira e recebemos elogios pela organização. Foi um grande evento. Temos um povo trabalhador e hospitaleiro. Ilópolis está de parabéns. Foi um sucesso”.

O prefeito, Edmar Rovadoschi, ressaltou que tudo começa com a erva-mate. “A festa é de todos os agricultores e demais pessoas envolvidas na cadeia produtiva da erva-mate. Tudo começa com os agricultores que plantam e cuidam tão bem das ervas. Também agradeço a todas as ervateiras do município pelo trabalho que desenvolvem e por transformarem esta indústria num sucesso. Tem mais Turismate em 2019. A Turismate é de todos”.

Salão da Erva-Mate
O salão da Erva-Mate foi um espaço destinado para a divulgação dos produtos das ervateiras. O ambiente esteve localizado na entrada do evento, e contou com a participação de 22 Ervateiras. “A erva-mate é o foco do evento, por isso é importante que as ervateiras também tenham o seu espaço e possam apresentar os seus produtos para o público. A localização do salão também foi muito boa, tivemos um dos melhores salões da Turismate e um dos maiores públicos. Além disso, divulgamos o município”, ressalta o empresário Vilson Carlesso, que foi um dos organizadores da atividade.

Lucas e Felipe encerraram o evento (Foto: Rodger Timm)
Lucas e Felipe encerraram o evento (Foto: Rodger Timm)

Da mesma forma, o empresário, Marcelo Secco, que também esteve na organização, destaca que o salão foi muito válido. “É um momento para as pessoas conhecerem a erva-mate. Todas as ervateiras tiveram um espaço igual onde o único diferencial foi a qualidade de cada produto. A tendência é aumentar a participação das ervateiras e do público do evento”.

Nos três dias ocorreram várias atividades técnicas e reuniões que possibilitaram a troca de conhecimentos entre os atores envolvidos na cadeia produtiva da erva-mate. O empresário Rodrigo Maia, da FranchisingSul, esteve no evento para conversar com alguns empresários do setor ervateiro e industrial e apresentar as cápsulas de mate expresso, que estão sendo comercializadas em todo o Brasil.

A reunião despertou o interesse dos empresários locais, que já agendaram novas visitas, com o intuito de criar futuros produtos e negócios a base de erva-mate. Maia reforçou “que o mercado está esperando novidades, pois o cliente busca sabores diferenciados”.

Feira comercial

Thomas Machado encantou o público (Rodger Timm)
Thomas Machado encantou o público (Rodger Timm)

A Turismate 2017 contabilizou mais de três milhões de negócios realizados ou prospectados. Neste ano estão foram disponibilizados 54 estandes no pavilhão da Feira; sete expositores na Praça de Alimentação; 12 expositores de Máquinas e Veículos e 15 Agroindústrias. “O evento superou as expectativas. O objetivo não era apenas lucrar, mas também mostrar os produtos que vendemos, principalmente as inovações. Tenho minha empresa há 17 anos e esta foi a terceira Turismate que participei. Valeu a pena estar aqui”, comenta o empresário da área de produtos sanitários, Fábio Luis Dorigon.

A Mondial Caminhões efetuou a venda de um caminhão modelo 24280 durante a Turismate. “Foi muito bom, fizemos muitos contatos, conversamos com muitas pessoas que poderão ser nossos clientes. Se não fosse através da feira, não poderíamos visitar todos eles. Aproveitamos para fazer o lançamento da linha Delivery e isso chamou bastante a atenção. Muitos vieram pedir informações. Além disso, conhecemos as ervateiras do município. Não sabíamos que haviam tantas”, comentou a assistente de vendas, Tamara Alberton da Silva e o consultor de vendas, Guilherme Schroeder.

Shows
Uma programação recheada de shows e apresentações artísticas foi organizada para divertir os visitantes e a comunidade ilopolitana. Conforme Lucas Tomasini, da comissão responsável pelos shows, a programação foi organizada para agradar a todos os públicos, tentando oferecer as atrações que o público mais gosta.

A festa foi aprovada pela senhora Maria Elita Da Cás, de Relvado. “A festa foi muito boa. Adorei o show do Thomas Machado, e ainda tirei foto com ele. Aproveitei para conhecer todo o processo histórico de produção da erva-mate, e ainda levar um pão quentinho para casa”.

Algumas das atrações da programação cultural fazem parte do Projeto artístico cultural da Turismate 2017 e contaram com o financiamento do Pró – Cultura RS da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

Espaço gourmet
Nos três dias do evento, 125 pessoas participaram das oficinas gourmet. Foram produzidos mais de 800 pães com peso médio de 700 gramas cada unidade. O Clube de Mães Amizade da comunidade de Santo Antão foi o encarregado da produção dos pães. A atividade contou com o patrocínio do Moinho Sangalli no fornecimento da farinha.

“Superou as nossas expetativas. É muito válido participar, pois é um momento de partilha e integração. O segredo de um pão tão saboroso é o amor e o carinho colocado na massa. Precisamos passar empolgação para as pessoas. De mau humor não sai pão delicioso. Para dar conta da procura trabalhamos com cerca de 30 pessoas, que se revezaram nos três dias”, comenta Simone Chiesa Gomes presidente do Clube de Mães. O lucro das vendas foi revertido para a entidade.

 Público lotou Palco Principal – Espaço LIC Pró-Cultura RS (Foto: Rodger Timm)
Público lotou Palco Principal – Espaço LIC Pró-Cultura RS (Foto: Rodger Timm)

Para a extensionista social da Emater, Daniela Stieven, essa atividade promove o fortalecimento do vínculo familiar. “Tem mães, pais, jovens, avós todos juntos na produção de pães. Isso é comunidade. É isso que queremos disseminar com o Espaço Gourmet”.

Além da produção dos pães, nos três dias foram realizadas sete oficinas com palestras, receitas, relato de experiências e cases de sucesso sobre a erva-mate. “O Espaço Gourmet é sempre positivo, pois as pessoas são surpreendidas com receitas diferentes. Por mais que já conheçam os produtos, sempre é apresentado um diferencial”, comenta a nutricionista Thais Ghelen.

As palestras e as oficinas gastronômicas integraram o Projeto Artístico-Cultural da Turismate 2017 e contaram com o financiamento do Pró – Cultura RS da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer.

Rede hoteleira
O setor hoteleiro também foi muito procurado durante a Turismate. Conforme a proprietária do Hotel e Restaurante Bonfanti, Clenir Lopes da Silva, o empreendimento teve um excelente movimento desde a quinta-feira. “A Turismate faz a diferença para nós. Nós esperamos ansiosos pelo evento de dois em dois anos, porque trabalhamos com 100% da capacidade desde a quinta-feira. Em outros períodos nós não temos toda esta lotação. Também registramos grande movimentação nos cafés da manhã, almoços e jantas que oferecemos”. Além dos hotéis locais, as cidades vizinhas também acomodaram visitantes da Feira.

Turismate em números:
Público que circulou no evento: mais de 15 mil pessoas
Negócios: mais de três milhões de negócios realizados ou prospectados.
Eventos técnicos: 285 pessoas participaram dos eventos técnicos oferecidos: Congresso, audiência pública e oficinas oferecidas no Espaço Gourmet.
Passeios na Colônia: 48 pessoas
Rústica da erva-mate: 96 pessoas

A 8ª edição da Turismate foi uma realização da Associação Comercial e Industrial de Ilópolis (ACI-I). Contou com a organização da Lume Eventos e teve o patrocínio confirmado da Prefeitura de Ilópolis, Gráfica Cometa, Fundomate, Ibramate, Sicredi, Banrisul, BRDE e o apoio de Dorigon Produtos de Limpeza, Posto Coser, Supermercado Aurora, Camilotti Pneus, Posto Fórmula, Corsan, Banco do Brasil, BalCa, Cerfox, Afubra, Scobar Material Elétrico, Erva-Mate Rei Verde, APL de Agroindústrias Familiares do Vale do Taquari, Emater/RS, Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, AA Erva Mate e Sindimate. O evento teve entrada gratuita.

Texto: Ascom Turismate