Artigos - Geral

A importância de aprender dizer não? – por Márcia Senh

Márcia Sehn (Foto: Divulgação)

Quantas vezes você teve vontade de dizer não e ficou com receio de magoar aquela pessoa que você gosta tanto?

Mas, o que é dizer não?

Dizer não é saber se posicionar diante dos outros, preservando a sua personalidade e não simplesmente se sujeitar a dos demais. Geralmente está associado ao aprendizado de dar limites.

Aprender dizer não num primeiro momento parece algo difícil, mas não é. A primeira tentativa é mais delicada, mas tenha claro em sua mente porque é necessário dizer não. Muitas vezes é uma atitude que precisa ser tomada, necessitando de coragem para mudar a forma de pensar, iniciando com pequenas ações cotidianas, alcançando a autoconfiança, tornando-se ouvido e respeitado pelas pessoas.

É normal acreditar que ao dizer “não” vamos decepcionar o outro e até perder a amizade. Para muitas pessoas, dizer “sim” para tudo é uma condição para manter relacionamentos, ser amada e aceita.

Quando você estiver diante de qualquer pedido que cause desconforto ou mal-estar, peça um tempo para pensar antes de responder. Uma dica valiosa é avaliar as consequências do que vai dizer. “Se aceitar, qual é o impacto que você provocará no outro? Isso vai reforçar a imagem positiva que ele tem de você? Qual o preço que você terá que pagar por isso? Será que vale a pena?”

Não se trata de ser um egoísta que ignora as necessidades dos outros, e sim de encontrar um equilíbrio entre os dois extremos: ou seja, o de dizer sim e o de dizer não.

Vale ressaltar que para se posicionar, não é preciso ofender. Existem diversas formas para uma negativa, precisa ser acompanhada de uma atitude de respeito pelo outro e de forma educada. Também fica mais fácil de aceitar um “não” que vem com uma justificativa honesta. Para justificar uma recusa, é importante mostrar as perspectivas que divergem, sem querer dizer o que é certo e o que é errado.

É fundamental estar preparado para casos em que a negativa seja mal interpretada, depois de todos os cuidados. Não sabemos com clareza se a outra pessoa entenderá nosso ponto de vista. Normalmente quem pede algo com a certeza de que será atendido tende a ficar mais aborrecido diante da negativa. No entanto, se após as explicações o outro ainda permanecer irredutível e a ponto de mudar a forma de se relacionar, cabe uma reflexão sobre a relevância desta amizade.

Afinal, entende-se que num relacionamento saudável todos devem ter o direito de se expressar e de expor sua opinião, positiva ou negativa.

“Toda vez que você diz sim, querendo dizer não, morre um pedacinho de você.” Albert Einstein

Boa semana!

Márcia Sehn – Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Pós-Graduada em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas.