Cultura Social Educação Destaques Teutônia

“A leitura é o contato com as grandes realizações do ser humano”

Feira do Livro ocorre no ginásio da Comunidade Católica do Bairro Canabarro

Frase é de Guido Lang, historiador e escritor teutoniense patrono da 8ª Feira do Livro de Teutônia, que iniciou nesta quinta-feira e segue até sábado 

A comunidade Teutônia pode, entre os dias 24 e 26 de outubro, mergulhar no fantástico mundo da leitura. É a 8ª Feira do Livro de Teutônia, que começou nesta quinta-feira e segue até sábado, tendo como patrono o historiador e escritor teutoniense Guido Lang. Programação ocorre junto ao ginásio da Comunidade Católica Nossa Senhora do Rosário, no Bairro Canabarro.

Diversas atrações estão à disposição da comunidade. Além da comercialização de livros, há exposição de trabalhos desenvolvidos pelos alunos em sala de aula, espetáculos de dança, música, teatro, além de bate-papo com escritores, entre outras atrações.

A programação já iniciou pela manhã e se estendeu durante a quinta-feira, com atividades voltadas aos alunos das séries finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Palestra de liderança, apresentações artísticas e peça teatral Dia D Adolescente, trazida pelo Grupo A Hora, foram os destaques da programação do primeiro dia de Feira.

Já à noite, ocorreu a abertura oficial do evento. Para o vice-prefeito, Valdir Oliveira do Amaral, a Feira do Livro evidencia a educação teutoniense. “A nossa cidade que canta e encanta é uma cidade educadora. E hoje é o momento de reconhecer e agradecer a aqueles que contribuíram com o nosso município”, enalteceu.

A secretária de Educação, Rosana Schneider Rührwiem, enalteceu que a Feira do Livro faz um resgate histórico. “Estamos homenageando pessoas importantes na nossa história  e que tanto contribuíram com a educação de Teutônia”, afirmou.

Em seguida, foi a vez da comunidade ouvir o historiador e escritor teutoniense Guido Lang, patrono da 8ª Feira do Livro. Lang destacou que ser escolhido patrono da Feira é um reconhecimento aos quase 50 anos dedicados à história de Teutônia. “Para um escritor, ser patrono é sempre uma satisfação, um reconhecimento ao trabalho que a gente faz, de registrar a história da comunidade, dos filhos das colônias”, frisou.

Para o patrono, a leitura é primordial. “A leitura é o contato com as grandes realizações do ser humano. Quando a gente lê, a gente toma conhecimento das grandes conquistas do ser humano. As grandes coisas que o ser humano conquistou estão sintetizadas num livro. Através da leitura, nós, escritores, conseguimos falar com as gerações futuras, que vão assimilar os conhecimentos que transmitimos através das páginas dos livros. A escrita é uma das mais importantes conquistas do ser humano”, observou.

Por fim, Lang ainda comentou que o escritor também escreve por entrelinhas, onde ele diz muitas vezes aquilo que ele não pode dizer oficialmente. “As entrelinhas são o sentido figurado das coisas. A gente diz o óbvio, mas também no óbvio muitas vezes tem muito mais. Em síntese, é a habilidade do escritor de se comunicar nas linhas e nas entrelinhas. Os grandes escritores escrevem nestas entrelinhas. A inspiração de escrever sobre a nossa terra está na frase ‘se quiser ser imortal, escreve sobre sua aldeia’. Eu como historiador, escrevo sobre minha aldeia, o meu município, a minha gente”, afirmou.

Ainda durante a cerimônia de abertura, o historiador Selby Wallauer ainda fez uma homenagem ao líder emancipacionista e ex-prefeito Elton Klepker. Wallauer trouxe a linha do tempo de Klepker como prefeito, líder emancipacionista e cooperativista. “A história de Teutônia tem dois momentos distintos: antes de Elton Klepker e depois de Elton Klepker. Teutônia é o que é muito graças à genialidade de Elton Klepker”, afirmou.

A homenagem foi entregue à viúva de Klepker, Iria Schwingel Buhl. “Klepker era um grande homem, um grande líder, que trouxe desenvolvimento a Teutônia. Agradeço de coração esta linda homenagem”, ressaltou.

Selby Wallauer também foi homenageado por sua contribuição à Teutônia, sendo o primeiro secretário de Educação do município e o autor da bandeira e do brasão. Da mesma forma, a atual secretária de Educação, Rosana Schneider Rührwiem, também recebeu uma homenagem.

A programação tem entrada gratuita. A comercialização de livros ocorre no subsolo, enquanto no ginásio ocorre a programação artístico-cultural. Nos dois ambientes ainda ocorre a exposição de trabalhos desenvolvidos nos educandários.

Dentre os objetivos estão promover um espaço para apreciação/contato com obras literárias e não literárias, incentivando o hábito da leitura, bem como o reconhecimento de uma comunidade leitora em Teutônia; divulgar a cultura local por meio de suas diversas manifestações; criar situações de aprendizagem num espaço lúdico de comunicação; e incluir e integrar diferentes segmentos da sociedade em torno de uma reflexão sobre a importância do conhecimento através do hábito da leitura.

O evento é uma realização da Prefeitura de Teutônia, por meio da Secretaria de Educação. São parceiros da Feira do Livro: Associação dos Professores Municipais de Teutônia, Comunidade Católica Nossa Senhora do Rosário, Grupo A Hora, Livraria Wessel, Livraria Kadernus, Grupo Popular de Comunicação, Sesc, Sesi e TeutoNet.

 

PROGRAMAÇÃO 8ª FEIRA DO LIVRO DE TEUTÔNIA

>>> 25/10 (sexta-feira)
*crianças da Educação Infantil e alunos do Ensino Fundamental I. Recepção com Personagens da Kadernus, que levarão as turmas para as atividades

– 8h30 às 9h30 – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – Visitação à Feira

– 8h30 às 8h45 – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – professor de música Jean e seus alunos

– 8h45 às 9h30 – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – “Contação de histórias” com a Cia do Riso

– 9h30 às 10h30 – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – Visitação à Feira

– 9h30 às 9h45 – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – Apresentação professor de música Jean e seus alunos

– 9h45 às 10h30 – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – “Contação de histórias” com a Cia do Riso

– 14h às 15h – Grupo 1 (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – Visitação à Feira

– às 14h15 – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – professor de música Jean e seus alunos

– 14h15 às 15h – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – “Salada de contos com a Gelatina”, com Cléia Haubert

– 15h às 16h – Grupo 2 (3º, 4º e 5º ano do Ensino Fundamental) – Visitação à Feira

– 15h às 15h15 – Grupo 1  (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – professor de música Jean e seus alunos

– 15h15 às 16h – Grupo 1  (Educação Infantil, 1º e 2º ano do Ensino Fundamental) – “O urso com música na barriga”, com Cléia Haubert

– 19h –  Recepção com apresentação do Coral Municipal Infanto Juvenil de Teutônia, sob a regência de Marlon Gausmann

– 19h15 – Lançamento do livro “Mulheres que escrevem” e “Papo de escritor”

– 20h – Roda de conversa “O poder das palavras”, da Academia Literária do Vale do Taquari (Alivat), com Lucildo Ahlert, Luciana Brune, Deoli Graff e Juliano Schwarz

– 21h – Visita à Feira do Livro e exposição de trabalhos das escolas

– 22h – Fechamento da Feira

 

>>> 26/10 (sábado)
*Durante todo o dia, brinquedos infláveis e ervateira

– 9h – Coral Municipal de Teutônia

– 9h15 – Grupo de Danças Amizade

– 9h30 – Painel “O que temos de registro sobre a nossa Teutônia”. Mediação: Rosana Schneider Rührwiem. Painelistas (nomes a confirmar): Silvio Brune, Selby Wallauer, Guido Lang e Carlos Campos

10h30 – intervenção artística, com o Grupo de Danças Movimentu’s

10h45 – Apresentação da invernada pré-mirim do CTG Porteira dos Pampas

14h às 16h30 – Espaço para os núcleos culturais

17h – Fechamento da Feira

 

 

CRÉDITOS DO TEXTO: Édson Luís Schaeffer
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Teutônia