Artigos - Geral

“A melhor forma de dar feedback” – por Márcia Sehn

Márcia Sehn (Foto: Divulgação)
Márcia Sehn (Foto: Divulgação)

Você sabia que o feedback é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento das pessoas? Quantos feedbacks você deu este ano? Qual a melhor forma de dar feedback?

Feedback é o processo de fornecer informações a uma pessoa, a fim de ajudá-la a melhorar seu desempenho e atingir seus objetivos.

A ferramenta é ideal para aprimorar o trabalho das pessoas, por meio da busca pelo aperfeiçoamento, por isso que é um importante recurso que permite a pessoa perceber como está sua conduta profissional, onde está acertando e quais os pontos que precisa melhorar.

Por ser uma prática altamente eficaz, o feedback pode e deve acontecer com frequência. A cada entrega ou momento de mudança. Quando é dado logo após um comportamento ou situação inadequada tende a ser melhor compreendido.

Para que o feedback seja efetivo, destaco algumas dicas:

– Seja descritivo e específico – focalize no comportamento e não na pessoa (evite fazer julgamento de valor). Quando julgamos, esquecemos de que nós é que damos significados às coisas;
– Inicie sinalizando e valorizando os pontos positivos e seus impactos;
– Ao falar sobre os pontos a melhorar e seus impactos, cite situações específicas;
– Escolha um momento para a conversa e um ambiente calmo, sem interrupções e reservado;
– Procure entender como a pessoa que está recebendo se percebe em relação ao ponto destacado, buscando sempre construir um raciocínio conjunto;
– Lembre-se que é um diálogo e não é um monólogo;
– Coloque-se à disposição para retomar algum ponto depois, se necessário. O feedback pode demorar para ser assimilado.

Toda pessoa precisa de feedback, seja positivo (elogios, reconhecimentos,) ou negativo (crítica construtiva), para saber se está fazendo o que é adequado ou inadequado. O principal propósito do feedback é ajudar cada pessoa a entender onde ela está com relação a um comportamento.

Ótima semana!!!

Marcia Sehn – Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Pós-Graduada em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas