Educação Estrela

Ação de cooperativismo movimenta escola do Bairro Pinheiros

Encontro reuniu parte dos mais de 40 alunos que hoje formam a Cooperpin, fundada em 2018

A Cooperpin, cooperativa escolar dos alunos locais, realizou dia de atividades dedicadas à causa

A quarta-feira (17) na Escola Municipal de Educação Fundamental (Emef) Pinheiros, no bairro estrelense de mesmo nome, foi marcada pelo cooperativismo. A Cooperpin, cooperativa escolar formada por estudantes locais que participam do programa Cooperativas Escolares, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Sicredi, realizaram uma série de atividades dedicados à causa, sua divulgação e valorização. Dos cerca de 190 alunos da escola, mais de 40 participam da Cooperpin, fundada em outubro passado.

O evento iniciou com a Canção do Cooperativismo, já mais conhecida de todos. Em seguira foi realizada uma dinâmica de grupo visando a integração e reflexão. A presidente da Cooperpin, a aluna do oitavo ano, Isadora Zuege (13), juntamente do Conselho Administrativo, agradeceu a participação de todos associados pelo envolvimento nas atividades da cooperativa. “A nossa convivência e o aprendizado com o cooperativismo, algo até então um pouco desconhecido da gente, nos tem feito ter maior compreensão dos problemas coletivos de todos, e assim nos incentivar a querer ajudar”, afirmou ela, na companhia da coordenadora, a professora Cleonice Wermann Diehl.

Os integrantes e colaboradores da Cooperpin também receberam uma lembrança que ressaltava a mensagem e o lema adotado: “Nenhum de nós é tão bom quanto todos nós juntos”. Esta também trouxe para apreciação de todos o novo objeto de aprendizado, um “cupcake”, que passará a ser produzido no segundo semestre pela Cooperpin, que teve como seu primeiro produto bolachas de manteiga. “Isso atraiu mais a atenção de muitos para a nossa cooperativa e trabalho, e assim obtivemos mais colaboração”, completa a presidente Isadora. Mais informações pelo telefone 3981-1123.

O programa Cooperativas Escolares, fomentado pela Sicredi em todo o Sul do Brasil, visa a criação de associações de estudantes. Estas têm finalidade educativa, nas quais alunos são incentivados a desenvolver atividades econômicas, sociais e culturais em benefício dos jovens associados. Também trabalham a formação de futuros líderes, gestores, empreendedores e cidadãos. Em Estrela, atualmente são oito cooperativas formadas. Cinco grupos são remanescentes da primeira temporada. As unidades das Escolas de Ensino Fundamental (Emefs) Pedro Jorge Schmidt (Coopej), Cônego Sereno Hugo Wolkmer (Coopstar) e Arnaldo José Diel (Cooperdiel); e as privadas dos colégios Martin Luther (Coopeluther) e Santo Antônio (CSAcooper). Passaram também a participar em 2018 os alunos das escolas municipais Pinheiros (Cooperpin), Leo Joas (Cooperleo) e José Bonifácio (Cooperfacio).

 

 

Texto: Rodrigo Angeli
Fotos: divulgação/Cooperpin
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Estrela