Iniciativa Encantado Destaques

ACI-E defende retirada da Praça de Pedágio em Encantado

A Associação Comercial e Industrial de Encantado (ACI-E) aproveitou o encontro com o secretário estadual Extraordinário de Parcerias, Leonardo Busatto, para reforçar sua posição contrária à permanência da Praça de Pedágio no bairro Palmas, em Encantado.

Busatto esteve em Encantado na quinta-feira, dia 24, para apresentar o plano de concessão das rodovias elaborado pelo governo do RS.

A reunião, organizada pela Câmara da Indústria e Comércio do Vale do Taquari (CIC-VT) e Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), ocorreu no Auditório do Sicredi Região dos Vales e mobilizou lideranças empresariais e políticas regionais.

A presidente da ACI-E, Maria Cristina Castoldi, teve oportunidade de se manifestar e cobrou a retirada do pedágio do território encantadense. “O sentimento é de indignação e de injustiça. Nós estamos contribuindo com o pedágio há 23 anos e isso vem nos gerando prejuízos imensuráveis, tanto econômico, quanto social. Estamos com uma comunidade, Palmas, dividida por esse pedágio”, afirmou. “Deixamos de ser competitivos. Não tivemos melhorias nas rodovias”.

A presidente da Associação entende que um local mais apropriado deva ser encontrado para instalar a Praça de Pedágio. “Não queremos transferir essa dificuldade para outro município por mais 30 anos. Mas temos a certeza de uma coisa: a nossa parte já contribuímos”, ponderou. 

Maria Cristina mostrou preocupação com a proposta apresentada pelo governo para a elaboração do Edital. “A tarifação deverá ficar pior do que está. Esperamos que o Edital seja adequado. Temos esse direito e vamos reivindicar por ele, buscando as condições, fundamentações legais e técnicas”, acrescentou. 

A ACI-E contratou um estudo técnico realizado por profissionais da área de engenharia para avaliar as condições e demandas da rodovia que atravessa a cidade de Encantado. 

O presidente da CIC-VT, Ivandro Carlos da Rosa, apresentou ao secretário Busatto uma série de demandas para serem incluídas no Plano, entre elas, a realização de uma audiência pública e uma discussão detalhada das obras necessárias. 

 

Legenda foto: Maria Cristina falou durante a reunião em Encantado