Social Encantado

ACI-E recebe homenagem da Federasul

Comitiva encantadense prestigiou homenagem da Federasul para a ACI-E pelas oito décadas de história

80 anos da entidade encantadense foi celebrado na capital gaúcha

A Associação Comercial e Industrial de Encantado (ACI-E) foi homenageada por sua história de oito décadas pela Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) durante o programa Tá na Mesa. A solenidade ocorreu nesta quarta-feira, dia 25 de setembro, na sede da entidade estadual, situada no prédio da Associação Comercial de Porto Alegre.

Uma comitiva de Encantado formada pela presidente da ACI-E, Renata Casagrande Galiotto; vice-prefeito, Enoir Cardoso; presidente da Câmara de Vereadores, Luciano Moresco; empresários, funcionários da ACI-E e imprensa local prestigiaram a programação. Uma placa foi entregue pela presidente da Federasul, Simone Leite, para a presidente Renata, que agradeceu a homenagem destacando a essência da entidade encantadense.

“Tenho um orgulho muito grande em poder representar a ACI-E, essa entidade que faz parte da Federasul, e sermos protagonistas de mudanças. Temos uma entidade forte, atuante, que se posiciona, que defende não só o interesse do associado, mas de toda a comunidade”, disse Renata.

Ela salientou ainda que a história de 80 anos da ACI-E é resultado de um trabalho feito por várias pessoas voluntárias ao longo do tempo, as quais se dedicaram e sonharam pela entidade. “Orgulho e gratidão por estas pessoas, pois foi uma sucessão de trabalhos que fizeram a ACI-E completar 80 anos. Vida longa a ACI-E e a Federasul”, enfatizou.

O evento prosseguiu com a explanação da presidente da Microsoft no Brasil, Tânia Cosentino. Ela abordou o tema: “o verdadeiro poder da tecnologia é o que escolhemos fazer com ela”.

Tânia destacou que a tecnologia muda o comportamento das pessoas e chamou a atenção para o quanto a humanidade e as empresas devem estar preparadas para essas mudanças. “Cultivar uma cultura de aprendizado, de feedbacks é fundamental”, salientou.

Segundo ela, em dez anos 40% das empresas que existem hoje não existirão. Outro dado é que hoje há 20 bilhões de dispositivos ligados na rede e em uma década a previsão é de que 75 bilhões estejam conectados à internet.

 

 

Fotos: Gisele Feraboli
Assessoria de Imprensa ACI-E