RS Educação RSS Estrela

Adequação à base de ensino progride em Estrela

Visitas às escolas foram realizadas pela educadora. “Estrela se adapta bem às mudanças” (Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Educação (Smed) de Estrela dá continuidade, esta semana, ao processo de introdução, na rede de ensino, da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), integrante do Plano Nacional de Educação (PNE). O processo de adequação ao conjunto das novas competências, iniciado ainda em abril, contou esta semana com a presença, mais uma vez, da educadora Emilia Cipriano.

A conceituada profissional, que acompanha o processo em Estrela desde o início do trabalho, destaca os avanços do município. Junto da equipe de supervisão da Smed, Emilia realizou visitas às escolas do município, de Educação Infantil (Emeis) e de Ensino Fundamental (Emef). E também participou de uma atividade integrada com as equipes diretivas das mesmas. A educadora aproveitou a nova visita e o contato com os educadores e a Smed para realizar uma avaliação dos dez componentes curriculares que devem ser executados de forma integrada ao longo de toda a educação básica. Competências estas que foram definidas a partir dos direitos éticos, estéticos e políticos assegurados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais e de conhecimentos, habilidades, atitudes e valores essenciais. Segundo Emilia Cipriano, Estrela está muito bem nesse processo. “Estamos realizando uma avaliação, na verdade uma reflexão sobre toda esta sistematização, das propostas, das conquistas e desafios ainda existentes. Em Estrela, apesar de as escolas terem públicos e realidades distintas, todas mostram valores e competências que a base exige, como trabalho em equipe, empatia, criatividade, progressão social, autonomia, entre outros quesitos”, explica.

Conforme avaliação da supervisão da Smed, a introdução à BNCC se deu de forma mais natural porque a essência da base está, desde o ano passado, sendo apresentada, detalhada e discutida em atividades que possam facilitar esta adequação, sempre se preservando o espaço a sugestões e propostas das equipes diretivas. Apesar de ter sido homologada pelo Ministério da Educação (MEC) em dezembro passado, em Estrela o processo de adequação teve início ainda em meados de 2017, e no atual ano tem contado com qualificações constantes dos profissionais da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do município. “A compreensão do processo e sua importância está clara, o compromisso ético e estético dos gestores e professores com a proposta é muito boa considerando o tamanho da rede, o que gera ações mais conectadas com os princípios e objetivos da BNCC”, relata Emilia. “Temas como educação integral, igualdade e equidade já eram trabalhados rotineiramente e naturalmente, o que facilita introduzir de maneira prática as necessárias mudanças projetadas”, explica o secretário de Educação, Marcelo Mallmann. Mais informações pelo telefone 3981-1014.

Texto: Ascom Estrela