RS RSS Rural Muçum

Administração Municipal auxilia na produção de silagem

 Ação visa facilitar o trabalho no campo que também resulta em retorno ao município (Foto: Divulgação)

A produção de leite no interior de Muçum é uma das culturas responsáveis pelo crescimento do setor primário. Conforme estimativa da Emater/Ascar-RS, existe 700 vacas em lactação no município. Em algumas propriedades é produzido até mil litros de leite ao dia. Por isso, para a produção plena é imprescindível oferecer alimento de qualidade ao rebanho.

Com isso, a maior parte das propriedades se vale da fabricação da silagem, um alimento que pode ser armazenado o ano inteiro e, ao mesmo tempo, apresentar nutrientes importantes para o trato. Apesar de existir inúmeras plantas forrageiras propicias à produção de silagem, o milho é a cultura mais utilizada para o processo em todo o País. Em Muçum, existem aproximadamente 40 produtores que se valem deste artifício. “É um alimento barato que pode ser armazenado e manter a qualidade”, salienta o técnico da Emater, Jairo Belini.

Para o processo ocorrer normalmente, os produtores de Muçum recebem o frequente auxílio da Administração Municipal, através da Secretaria de Agricultura e Produção, em parceria com a Emater, responsável pela orientação técnica. O governo municipal responsabiliza-se pela formação e limpeza dos silos. Os serviços do operador e da máquina são terceirizados, e recebem o custeio parcial da Administração.

O prefeito Lourival de Seixas se diz ciente da necessidade de auxílios da Administração Municipal. Para ele, os serviços determinam o prosseguimento do crescimento do setor. “Na medida do possível, estamos aptos a oferecer serviços que facilitem os trabalhos do setor primário, até porque sabemos que estes investimentos retornam diretamente ao município.”

Texto: Ascom Muçum