Economia Serviços Coronavírus Destaques Lajeado

Ainda sob medidas de segurança, comércio de Lajeado pode reabrir no dia 6 de abril

Comerciante fecha seu estabelecimento (Foto: Natalia Ribeiro)

O prefeito de Lajeado Marcelo Caumo (PP) vai editar novo decreto, renovando por mais uma semana as restrições à circulação de pessoas no município. A decisão foi anunciada na manhã desta quinta-feira (26), durante a reunião do grupo de enfrentamento ao Covid-19 em Lajeado.

A medida visa evitar a disseminação do novo coronavírus, e entrou em vigor no dia 21 de março e expira no dia 3 de abril. A resolução restringe o funcionamento do comércio a estabelecimentos de primeira necessidade, como farmácias, consultórios médicos, supermercados, postos de combustíveis e outros. Os demais, como lojas, indústrias que não são do setor alimentício, bares, danceterias, templos religiosos, repartições públicas, entre outros, devem permanecer fechados para o público.

“Vamos utilizar a semana que vem para trabalhar condutas e medidas de precaução, para, quem sabe, a partir do dia 6 de abril, com medidas de prevenção, as atividades possam estar sendo retomadas, ainda com medidas para evitar o contato entre pessoas. Ms isso tudo é expectativa. Assim como Lajeado, o Estado tem feito encontros diários e é claro que a evolução da doença pode mudar tudo isso. A coisa está muito rápida e muito dinâmica. A gente entrou num estágio em Lajeado, no qual sentimos uma certa tranquilidade porque os casos estão em acompanhamento. São 140 suspeitos isolados e orientados. Semana que vem vamos virar o primeiro ciclo, fechando a quarentena dos que tiveram os primeiros contágios, que serão liberados para retomar suas atividades e podem voltar a vida comum”, comentou o chefe do executivo.

Em reunião do Fórum Municipal das Entidades, na noite desta quarta-feira (25) em Lajeado, o prefeito referendou a decisão de seguir a tendência do decreto estadual, assinado pelo governador Eduardo Leite, que estende as restrições até 6 de abril. “Vamos fazer uma retomada gradual, para que o contato interpessoal seja evitado e assim, o vírus não se dissemine rápido na cidade”, alerta o prefeito.

Testes rápidos

Caumo segue buscando agilizar a chegada dos testes rápidos para detecção do novo coronavírus. “Seguimos buscando estes testes e estamos na expectativa de que na semana que vem, começaremos a recebê-los. É muito importante pois, poderemos testar principalmente os profissionais da saúde e segurança e manter os infectados isolados por 14 dias pelo menos. Isso é importante porque se mantivermos todos os suspeitos afastados, não teremos profissionais destas áreas para trabalhar. Por isso é bom podermos agilizar os testes deste público, para afastar somente aqueles que realmente estiverem com o vírus, e manter os demais trabalhando. A União fez uma grande aquisição de testes e a expectativa é de no final da semana que vem devem ser repassados aos municípios””, explica. Lajeado possui cinco casos confirmados de Covid-19.

 

 

Fonte: INDEPENDENTE