Alimentação RS RSS Imigrante

Alimentação escolar foi tema de tarde de campo em Imigrante

A atividade teve como principal objetivo integrar os produtores, serventes e membros do CAE (Foto: Luise Tombini/Divulgação)

A tarde de campo, que teve como tema principal a alimentação escolar, foi realizada na tarde da última terça-feira (24), na propriedade de Lovani Horst e Alexandre e Tainá Mattuella, na Linha Castro Alves de Imigrante.

Estiveram presentes membros do Conselho Municipal de Alimentação Escolar, serventes responsáveis pelo preparo da merenda, e agricultores participantes do Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE).

A atividade teve como principal objetivo integrar os produtores, serventes e membros do CAE. Conforme a Extensionista Nair Kunzler Massotti e a Técnica em Agropecuária Cristiane Dexheimer, ambas da Emater-RS/Ascar de Imigrante, foi unir o campo e a cidade, para que fosse possível conhecer a realidade de quem cultiva os alimentos que são entregues e valorizar o que é produzido em Imigrante.

A atividade foi dividida em quatro estações. A primeira delas foi com a técnica Cristiane, que apresentou a família e um pouco do cotidiano em que vivem, sendo que a família participa a vários anos do PNAE e cultiva diversos tipos de hortaliças e frutas.

Ela também explicou o Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, executado pela Emater e que conta com a participação da família e de vários produtores que estavam presentes.

A segunda estação ficou sob a orientação de Lauro Bernardi, que falou sobre as políticas públicas como PNAE e PAA e sua importância para a comunidade envolvida, destacou a rede que é formada através do PNAE, como alimentação saudável das crianças, resgate da cultura alimentar, produção agroecológica e verbas públicas que são mantidas no município, ampliando renda aos agricultores.

Já a terceira estação demonstrou o uso do extrato pirolenhoso, também chamado de ácido pirolenhoso. Ele é proveniente da condensação da fumaça obtida na carbonização da madeira, no processo de produção do carvão vegetal.

Entre suas atribuições, é condicionador do solo, bioestimulante vegetal, indutor de enraizamento, repelente de insetos e potencializador de herbicidas. Os interessados em obter o produto podem entrar em contato com a Emater.

E por fim, a extensionista Nair fez a apresentação de formas práticas de utilizar verduras e frutas na alimentação diária, com o intuito de fazer uma reflexão sobre como criar uma consciência alimentar mais saudável com as famílias e escolares, para que nutrientes essenciais, como vitaminas e sais minerais não faltem na formação de uma vida plena de saúde. Foi enfatizado o preparo de kits de congelamento com vegetais e frutas, como acesso mais rápido, prático e periódico de consumo. Alimentos estes produzidos pelos agricultores familiares do município.

Os participantes receberam materiais impressos e puderam degustar alimentos preparados a base de verduras e frutas, bem como adquirir verduras fresquinhas direto da propriedade.

Texto: Ascom Imigrante