Alimentação RS RSS Estrela

Alimentos chegam mais frescos às entidades de Estrela

Entre os itens, verduras, frutas e até mel adquiridos junto a 15 produtores locais (Foto: Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela-RS)

O Governo de Estrela realiza, desde 2013, a entrega de produtos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) às entidades cadastradas do município, mas agora o faz em um veículo próprio para a função. Um adaptado caminhão, doado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), vem sendo utilizado pela prefeitura para o transporte e a entrega das toneladas de alimentos às hoje sete entidades beneficiadas. Estas assim recebem mais frescos até 20 diferentes produtos, entre eles mel, cenoura, beterraba, cucas, pão e bolachas, adquiridos de mais de 15 fornecedores locais aprovados. Além de atender as diversas refeições e lanches de centenas de pessoas atendidas pelos Centros Municipais de Atendimento Integrados (Cemais), Apae, Pousada da Criança e outras entidades, garantindo uma alimentação mais saudável para todos, fortalece o papel do produtor local.

Elaborado em 2003, o PAA foi criado para colaborar com o enfrentamento da fome e da pobreza no Brasil e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar. É implantado por meio de convênio formalizado entre o MDS, o Estado e o Município. Para isso, o programa utiliza mecanismos de comercialização que favorecem a aquisição direta de produtos de agricultores familiares ou de suas organizações, estimulando os processos de agregação de valor à produção. Cabe ressaltar que o PAA permite a compra, com dispensa de licitação, de alimentos de agricultores familiares, portadores de Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), com limite anual e os preços não devem ultrapassar o valor praticados no mercado local.

O município de Estrela fez o Termo de Adesão ao programa em 2013 e sempre que o Governo Federal aprova a proposta de trabalho, o programa é executado pela Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth). Agora, visando garantir uma ainda maior agilidade ao programa, iniciou-se uma parceria da Sedesth com as secretarias municipais da Agricultura e da Educação, no que se refere ao transporte, para a utilização do veículo, que entre outras características tem isolamento térmico. Esta semana o secretário da Sedesth, José Itamar Alves, acompanhou de perto várias destas entregas. “Estamos desde 2013 no Programa. E viemos ao longo dos anos nos adaptando às exigências, demandas”, explica. “Agora já utilizamos este veículo mais apropriado e de acordo ao que o programa passou a nos exigir, podendo realizar as entregas mensalmente, de forma única, com alimentos mais frescos ainda. Isso também dá mais organização às entidades, que podem melhor controlar seus estoques e assim se programarem para os restantes dos dias até a chegada de nova leva de produtos.”

Texto: Ascom Estrela