Artigos - Saúde e Bem-estar

ALIMENTOS DO CORPO X ALIMENTOS DA ALMA – por Eliana Giacobbo

Eliana Giacobbo (Foto: Divulgação)

Graças a evolução do homem, cada dia que passa, alguns conceitos são repensados, reformulados e ou modificados.

De acordo com novas descobertas da ciência muitas “verdades” tornaram-se inverdades ou vão sendo adequadas de acordo com as novidades científicas que vão surgindo. Vamos pensar o conceito de saúde de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde): “situação de perfeito bem-estar físico, mental e social”. O indivíduo que cuida do corpo físico se preocupa com sua higiene pessoal, com uma boa nutrição, prestando muita atenção na ingestão de alimentos frescos, exercícios físicos e realização de exames médicos periódicos.

Para o cuidado com a saúde mental a atenção é voltada para os pensamentos e as emoções que o corpo gera durante o dia. É importante evitar a poluição mental, pois as emoções podem ser mais contagiosas que os vírus e bactérias. De acordo com o ativista quântico Dr. Amit Goswami, o alimento da alma é uma boa literatura, aquele que dá prazer, uma boa música ou obra de arte e, também, exercícios mentais. Mas como saber se as emoções geradas são boas ou positivas? É fácil saber se prestarmos atenção ao nosso corpo, pois quando sentimos raiva o corpo fica mais enrijecido e tenso, quando estamos calmos, o corpo fica mais relaxado. Lembrando que cada pensamento gera um sentimento e cada sentimento gera uma emoção e, essa emoção, libera sustâncias no organismo que podem ser benéficas ou maléficas.

Como diz novamente Dr. Amit, “a mente pode promover a cura, mas também pode ser uma assassina”, tudo depende do que imaginamos e criamos. Só para tentar imaginar como fica o nosso corpo, que pode experimentar 1.400 mudanças bioquímicas geradas pelas oscilações das emoções, sendo que algumas destas substâncias permanecem no corpo por horas, imagine se for uma emoção incoerente, qual o desgaste provocado? Portanto, se cuidar da saúde física é desafiador o que dizer da nossa saúde mental? Como controlar nossos pensamentos e emoções?

Para um desafio ainda maior, mais recentemente, a ciência está trabalhando intensamente em pesquisas que chamam a atenção para o nível espiritual, ou seja, para ter saúde é necessário integrar a saúde física, a mental e a espiritual. O termo “espiritual” deve ser entendido aqui como necessidade de significado ou propósito, não necessariamente ligado à religiosidade. A OMS ainda não mudou o conceito de saúde, porém os estudos estão acontecendo em vários locais do mundo e já podemos contar com vários casos de sucesso e cura quando a espiritualidade é utilizada, o que desafia a ciência tradicional e seus defensores e céticos. Mas esse é um assunto bastante complexo que abordaremos em outra oportunidade.

Cuidar da saúde é um desafio, a todo momento temos novidades, cuidar da saúde de forma integral ainda é mais complexo, mas quanto mais nos aprofundamos, mais nos conhecemos e nos entendemos melhor. Assim fica mais fácil tomar as melhores decisões para viver melhor. Sempre vale muito a pena.

Eliana Giacobbo – Nutricionista Coach de Emagrecimento