RS RSS Rural - Agricultura Destaques Doutor Ricardo

Alunos da Olavo Bilac visitam a Vinícola Paniz

A iniciativa acontece com 17 alunos do 7º, 8º e 9º Anos da EMEF Olavo Bilac nas duas primeiras terças-feiras de cada mês (Foto: Divulgação)

Na manhã de ontem (15) os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Olavo Bilac, participantes do Projeto Emater na Escola, visitaram a Vinícola Paniz, propriedade de Neuri e Andreia, que mostraram todo o processo da fabricação do vinho e o parreiral.Na oportunidade, um delicioso lanche acompanhado de suco de uva natural foi servido aos participantes.

O projeto acontece com 17 alunos do 7º, 8º e 9º Anos da EMEF Olavo Bilac nas duas primeiras terças-feiras de cada mês. Para participar, os estudantes demonstraram interesse e contam com o apoio da família. Trata de assuntos como podas, horta, solos e agroindústria. Os alunos já visitaram a agroindústria Novo Horizonte, realizaram poda em propriedade rural, construção de composteira doméstica (exposta durante a Feira do Livro) para lixo orgânico caseiro.

O projeto foi idealizado pela Secretaria Municipal de Educação com o apoio da Administração Municipal de Doutor Ricardo. A secretária Eliana Giacobbo comenta que o Plano Municipal de Educação prevê iniciativas para incentivar os alunos a permanecer no campo, onde se tem várias oportunidades que podem levar a perceber que pode existir o empreendedorismo rural. “O projeto quer ter essa visão, abordando a questão financeira, de custos, responsabilidades como empreendedor rural, as rotas turísticas, o acesso fácil que existe em termos de região para a futura comercialização, a educação financeira. Enfim, fornecer ferramentas para saberem se organizar, planejando as ações, compromissos e acreditar junto com a família na potencialidade que se tem. Temos propriedades extraordinárias e várias formas de viver e de viver bem, gerenciando o próprio tempo com maior liberdade. O objetivo é de que se sintam bem no município, valorizando a propriedade com a diversificação de culturas e tendo essa educação para o empreendedorismo com desenvolvimento”, destaca.

Em conversa com os alunos Marlise Batista, Cristian Tremea e Paulo Brandão eles contam que aprenderam mais sobre as plantas, de cuidados com a terra, sobre as podas, um conhecimento voltado para a agricultura. Comentaram da importância dos assuntos e locais por onde já passaram e que o projeto veio para incentivar a ficar no interior e aprender sobre a rotina do dia a dia e aprimorar. Também, aconselharam os colegas a participarem da iniciativa.

Para a prefeita Catea Rolante, “é mais uma forma de incentivar a permanência das famílias no campo, valorizando e mostrando aos filhos dos nossos agricultores informações e práticas sobre serviços realizados pela família na propriedade”, enaltece.

Texto: Ascom Doutor Ricardo