Educação Bom Retiro do Sul

Ano letivo da rede municipal inicia dia 25 para mais de 1500 alunos, e com muitas novidades

Palestra abordou educação financeira

Tem início na segunda-feira, dia 25, o ano letivo 2019 da Rede Municipal de Ensino de Bom Retiro do Sul. Conforme a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC) estão matriculados 1.514 alunos entre Educação Infantil e Ensino Fundamental.

No ano que Bom Retiro do Sul completa 60 Anos, a SMEC planeja grandes investimentos para elevar o nível de qualidade da educação municipal. O foco será a aprendizagem dos alunos a partir da instrumentalização, valorização e formação continuada dos profissionais da educação. Planejamento, fortalecimento das equipes, parcerias com o Círculo de Pais e Mestres, autonomia financeira das escolas e novos investimentos nortearão os trabalhos.

Para a Coordenadora da SMEC, Martinha Dullius, a preocupação da Administração Municipal está em atender a comunidade com qualidade. “Vamos oportunizar um ensino pautado na aprendizagem, além de reforçar valores éticos e morais, necessários para Bom Retiro do Sul prosperar ainda mais nos próximos 60 anos”.

 

Formação pedagógica

Como de costume na educação, os dias que antecedem o início do ano letivo foram de preparação para todos os segmentos que compõem os servidores da educação. Entre a segunda-feira, 18, e a quarta-feira, 20, a SMEC promoveu a Formação Pedagógica em grupos, visando à qualificação dos profissionais.

A Formação encerrou em um grande encontro no CTG Querência da Amizade, com palestras voltadas à educação financeira, os agentes da educação e a troca de experiências.

 

Novidades

Entre as novidades para este ano, estão várias reformas e ampliações nos ambientes escolares, que irão proporcionar uma melhor eficiência dos trabalhos e disponibilidade de novas vagas. Em quase todas as escolas, novos espaços foram criados para melhor atender os alunos e melhorar o ambiente de trabalhos dos educadores.

No turno integral, a SMEC relata que há necessidades de mais vagas, mas a limitação de espaços restringe a abertura de novas vagas. Mesmo com todas as limitações nos educandários, a otimização de espaços no ano passado possibilitou a abertura de 40 novas vagas no Turno Integral para este ano.

Outra importante ação da SMEC foi à construção de três quadras poliesportivas, num investimento de R$ 140 mil. As quadras foram construídas nas escolas Wendulino Gewehr, Anita Ferreira de Moraes e Genny de Souza da Silva.

Este investimento foi fundamental para ampliar o desenvolvimento das atividades das escolas ao longo do ano, oferecendo um espaço qualificado e seguro para que os alunos pratiquem as atividades esportivas curriculares.

 

Investimentos

A SMEC prevê para este ano alguns investimentos para ofertar mais vagas nos educandários municipais. Além da conclusão da nova escola com 12 salas de aula no bairro São João está previstas reformas nas escolas da Rede Municipal, conforme disponibilidade orçamentária e captação de recursos.

 

Na EMEF Yrajá Luiz Barros de Moraes, a expectativa é que a quadra seja concluída ainda neste ano, visto haver um trabalho incansável do setor de engenharia do município para desburocratizar o reinício da obra.

 

Projetos

O ano de 2019 reserva muitas atividades que envolverão toda a comunidade escolar. Está confirmada a realização da 7ª edição do Dança Bom Retiro, a Feira do Livro, Mostra Pedagógica, Projeto Horta Escolar, Olimpíada de Matemática, além de projetos de leitura e culturais, todos com o enfoque no tema “Bom Retiro do Sul – 60 Anos fazendo história”.

Alunos por escola

– Creche Municipal Vó Marica: 140 alunos

– EMEI Vó Rosalina: 27 alunos

– EMEI Criança Feliz: 137 alunos

– EMEI Dona Araci: 101 alunos

– EMEI Álvaro Haubert: 71 alunos

– EMEI Genny de Souza da Silva: 106 alunos

– EMEF Yrajá Luiz Barros de Moraes: 167 alunos

– EMEF Wendulino Gewehr: 252 alunos

– EMEF Anita Ferreira de Moraes: 163 alunos

– EMEF Isabel Luiza Bittencourt: 350 alunos

 

 

Assessoria de Imprensa de Bom Retiro do Sul – Fotos: Fernando Dias