Arroio do Meio Rural - Agricultura

Arroio do Meio adere ao programa de Assistência Técnica e Gerencial para produtores rurais

Administração Municipal, Senar, Emater, Conar e produtores reunidos no lançamento do programa em Arroio do Meio.

Com os objetivos de ampliar oportunidades de negócio e renda, qualificar e diversificar as propriedades rurais, a Administração Municipal Comunidade e Família, por meio da Secretaria da Agricultura, em parceria com Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Farsul, anunciou a adesão ao programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG). O primeiro encontro aconteceu na propriedade de Luis Rempel, em Forqueta Baixa, na presença do Prefeito Klaus Werner Schnack, Secretário Eloir Lohmann, representantes do Senar, Emater, Conar e produtores interessados em participar do Programa.

O ATeG foi lançado em fevereiro pelo Senar e sistema Farsul, com a proposta de uma assistência individualizada e continuada às propriedades rurais, de forma gratuita, com visitas técnicas mensais, pelo período de dois anos. O objetivo é desenvolver um modelo de operação e gestão da atividade, visando impulsionar a evolução socioeconômica das famílias e comunidades envolvidas. Em Arroio do Meio, o foco é a pecuária de corte, considerando o crescimento dos abatedouros e a recente habilitação do Município junto ao SUSAF e SISBI, que permitem a comercialização do produto local para os mercados estadual e nacional, ampliando de 20 mil para 200 milhões consumidores.

“É uma caminhada que iniciamos em 2017, quando sentamos com nossas agroindústrias e abatedouros, para analisar e projetar ações para ampliar oportunidades a esses empreendedores”, recorda o Prefeito Schnack. “Para passar da divisa do nosso Município tínhamos que ter SUSAF e para atender todos empreendedores locais era necessário SISBI e hoje comemoramos esses avanços”, ressalta. “Agora buscamos alternativas que tragam mais conforto, melhorias e renda para nossos produtores e, acreditamos que viabilizar a pecuária de corte ou ampliar em propriedades que já é uma realidade, com assistência técnica e gestão, pode trazer bons resultados para nossas famílias e Município”, contextualiza Schnack.

O programa foi apresentado pelo médico veterinário do Senar, Paulo Afonso Bolsoni. “A relação entre produção x produtividade x lucratividade, faz toda a diferença no negócio rural e qualidade de vida do produtor, e é nisso que queremos aprimorar, levando tecnologia e gestão para as propriedades”, salienta o profissional do Senar. De acordo com Lohmann, a estimativa é envolver entre 20 a 30 produtores no programa. “ O objetivo é atender quem já está na atividade, com a intenção de ampliar, mas também quem tiver interesse em migrar da bovinocultura de leite para a de corte”, explica o Secretário. Mais informações pelo fone (51) 3716 1166 ramal 335, ou diretamente na Secretaria da Agricultura – rua Visconde do Rio Branco, 521/Centro.

 

 

Fotos: Maica Viviane Gebing
Texto: Assessoria de Imprensa de Arroio do Meio