Cultura Arroio do Meio

Arroio do Meio lança exposição temática e apresenta acervo catalogado e demais ações do Museu Público Municipal

Casa do Museu lançou exposição temática e apresentou demais projetos e ações na Semana Nacional dos Museus.

Na Semana Nacional dos Museus – 13 a 19 de maio, a Administração Municipal Comunidade e Família promoveu um café para representantes da imprensa e da cultura local e regional. O evento ocorreu na manhã da quarta-feira, 15, no Museu Público Municipal de Arroio do Meio – Casa do Museu, quando foram apresentados projetos e ações desenvolvidos no espaço que resguarda a história do Município, com destaque para o lançamento da exposição temática “Há 85 anos….a década de 1930 em Arroio do Meio”, Acervo de 10 mil itens catalogados no Museu e reedição do livro Entre Rios e Povos, conduzido por técnicos do Centro de Memória, Documentação e Pesquisa da Univates.

Na abertura do evento, a Secretária de Educação e Cultura, Mara Betina Forneck, apresentou um vídeo que resgata a história da Casa centenária que já sediou consultório médico, residência, Casa de Cultura, Biblioteca Pública e Prefeitura Municipal. O espaço recebeu diversos investimentos do Poder Público Municipal na última década, desde que foi oficializada como Museu Público, incluindo o restauro executado em 2018, num investimento de R$ 50 mil. “É uma casa muito viva, com movimentos sociais e muita ação”, salientou a Secretária, referindo-se às oficinas de música e cerâmica realizadas diariamente no espaço que também abriga o Conselho Municipal de Educação e Serviço de Junta Militar.

Na sequência a Coordenadora do Laboratório de Arqueologia da Univates, a historiadora Neli Galarce Machado, falou sobre as pesquisas que estão sendo realizadas para a reedição do livro lançado nos 75 anos de emancipação do Município, que será atualizado em uma década, incluindo os avanços em infraestrutura, culturais e sociais que aconteceram em Arroio do Meio neste período. A vice-prefeita Eluise Hammes apresentou dados referentes à catalogação com orientação técnica de 10 mil itens do acervo do Museu, com destaque para mais de oito mil fotos que contam a história do Município. “Arroio do Meio é comprometido com sua história e esse trabalho é motivo de muito orgulho, reflexo de um governo e uma sociedade sensíveis, que preservam suas raízes”, ressaltou Eluise.

A manhã seguiu com o lançamento da exposição temática que retrata o Município na década da emancipação, conduzido pela historiadora técnica da Casa, professora Elin Regina Westenhofen. A exposição ficará disponível à visitação para a comunidade, de segunda a sexta-feira, em horário de expediente. O projeto também é voltado para alunos de 4ºs e 9º anos, com os quais serão realizadas oficinas de Educação Patrimonial, conforme pré agendamento das escolas.

Antes da visitação guiada aos espaços, o Prefeito Klaus Werner Schnack reforçou o cuidado que o Município tem com o patrimônio público e com a história das famílias que construíram e vem se somando ao desenvolvimento de Arroio do Meio. Recordou revitalizações recentemente executadas em outros espaços públicos, como a Rua de Eventos, Prefeitura Municipal, Secretaria de Obras, postos de saúde, entre outros. Destacou o avanço na área do Turismo. “Essa sensibilidade e cuidados que fazem com que Arroio do Meio seja atrativo pelas coisas simples que fazemos e mantemos com tanto carinho, para bem acolher as pessoas”. Schnack também destacou o papel social da Casa nas oficinas de cerâmica que atendem grupos de Saúde Mental do Hospital São José e Centro de Referência da Assistência Social, além da comunidade. “Existe uma alma por trás dessa obra. Estamos cuidando de um espaço onde muitos já estiveram e tantos outros ainda podem estar. É o zelo pela nossa história”, finalizou o Prefeito, convidando os presentes para conhecer os diversos espaços da Casa centenária.

 

Saiba mais sobre a centenária Casa do Museu:

2013 Oficializado o Museu Público Municipal;

2017 – Administração avança no cuidado e zelo com o patrimônio e história do Município e reforça a equipe com a designação de uma servidora para o trabalho exclusivo na identificação e organização do acervo – que atualmente conta com 10 mil itens catalogados, entre fotos, documentos, objetos, móveis, vestuário, livros e vestígios arqueológicos;

2018 – Administração investe R$ 50 mil no restauro da Casa do Museu, incluindo aberturas, pintura, melhorias no telhado e colocação de azulejos em espaços internos. A obra visa a manutenção do patrimônio público, considerando que o atual Museu Público Municipal é o único prédio tombado no Município, e já abrigou um consultório médico, residência, Prefeitura, Casa de Cultura, Biblioteca Pública e Secretaria de Educação e Cultura.

2019 Oficinas: Tem Música no Museu – envolve cerca de 120 crianças e adolescentes em aulas de sopro, cordas, teclado, técnico vocal e bateria; Cerâmica – envolve cerca de 50 alunos em oficinas terapêuticas, com sete grupos de convivência do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Saúde Mental (Hospital São José) e comunidade;

2019Lançamento da exposição “Há 85 anos…A década de 1930 em Arroio do Meio”: Até o final do ano a Casa do Museu estará sediando a exposição que retrata a década de 1930, em comemoração aos 85 anos do município, emancipado em 1934. Além da elevação de Arroio do Meio a município, a década de 1930 foi um período de importantes instalações no âmbito empresarial, da saúde e do ensino de Arroio do Meio;

**Em uma década de atividades, a Casa do Museu promoveu mais de 30 exposições temáticas e exibiu dezenas de filmes na sala de cinema Cineclube Real;

 

Fotos: Maica Viviane Gebing
Texto: Assessoria de Imprensa