Negócios Investimento Vale do Taquari Destaques

ASA e Sicredi firmam parceria para construção de matrizeiro

Sicredi viabilizará aporte de R$ 15,5 milhões para edificação de pavilhões, primeira etapa que contempla o Projeto Frango de Corte da Dália Alimentos

Contrato no valor de R$ 15,5 milhões para construção de matrizeiro foi formalizado entre direção do Programa ASA, Dália Alimentos e Sicredi Região dos Vales. Na foto: Gilberto, Rodrigo, Ivo, Reinaldo, Carlos Alberto, Roberto, Magnor e Marcos

Mais uma parceria entre a Dália Alimentos e o Sicredi Região dos Vales foi firmada no dia 1º de março. Desta vez com a assinatura do contrato de financiamento no valor de R$ 15,5 milhões para a construção de um matrizeiro, etapa que inclui o Projeto Frango de Corte da Dália Alimentos.

O matrizeiro, etapa número 1, abrigará as aves de postura que produzirão os ovos férteis para abastecer o incubatório, etapa número 2, que fornecerá os pintinhos aos nove condomínios em fase de edificação em oito municípios localizados nas regiões dos vales do Taquari e do Rio Pardo – o nono empreendimento aguarda definição de onde será instalado.

Participaram da assinatura do documento a diretoria do Programa América Sociedade Avícola (ASA), constituída pelo presidente Reinaldo José Cornelli, vice Rodrigo Werner e tesoureiro Ivo Dirceu Villa. Pela Dália Alimentos estiveram presentes o presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas e o presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini. Representando o Sicredi Região dos Vales participou do ato o diretor Excetivo, Roberto Scorsatto e os assessores de crédito, Marcos De Conto e Magnor Genezini.

Cornelli explicou que a previsão é de que até o final deste mês sejam encerradas as negociações com a empresa que construirá os pavilhões e fará a aquisição dos equipamentos e maquinários necessários para a operacionalidade do empreendimento. “Foi um importante passo dado pelo grupo, que conta com 37 integrantes, todos funcionários da Dália, mais a cooperativa, que tem uma cota participante. Estamos motivados para que, tão logo se encerre a terraplenagem e possamos dar início às obras e, posteriormente, à produção, gerando renda e riqueza para o município e para a cooperativa. Cabe salientar o apoio dos poderes Legislativo e Executivo do município de Vale Verde, que não mediram esforços para auxiliar na aprovação do projeto de incentivo e na infraestrutura da área, bem como ao Sicredi Região dos Vales, pela viabilização do financiamento, e à Dália por acreditar e ser parceira do ASA”, ressaltou Cornelli.

Para o diretor Executivo do Sicredi Região dos Vales, Roberto Scorsatto, a parceria com o ASA e com a Dália é de grande importância. “Participar deste projeto coletivo e inovador fortalece nossa instituição, reforça nossa forma de atuação e o nosso compromisso com os associados e com o desenvolvimento regional”. O Sicredi Região dos Vales está financiando três etapas do Projeto Frango de Corte da Dália Alimentos, incluindo o matrizeiro, o incubatório e os nove condomínios para a produção de aves de corte. Todo processo culminará na produção do Frango Dália, batizado de “Golden Chicken”, que ainda neste ano estará no mercado.

A área onde o matrizeiro será edificado possui 76 hectares, está localizada no município de Vale Verde, em Monte Alegre, na ERS-244, entre os municípios de Vale Verde e General Câmara. O empreendimento compreenderá quatro galpões para recria de matrizes e oito pavilhões para matrizes de postura.

Saiba mais

O frigorífico de aves, a fábrica de rações e a fábrica de farinhas estão em fase adiantada de construção no município de Arroio do Meio, em Palmas, na ERS-130, totalizando investimento de R$ 96 milhões por parte da Dália Alimentos. Os condomínios para produção dos frangos de corte também estão com os processos de terraplenagem em andamento e em alguns municípios com os pavilhões já erguidos. Em relação ao incubatório, localizado em Mato Leitão, possui a estrutura civil erguida e com obras em andamento. 

Quanto aos condomínios para produção de frangos de corte, aqueles situados em Encantado I (Linha São Luiz), Vespasiano Corrêa (Linha Tenente Fialho), Anta Gorda (Linha Quinta) e Mato Leitão (Linha Sampaio Baixo) contam com parte dos aviários em fase de construção. Nos municípios de Marques de Souza (Linha Vasco Bandeira), Cruzeiro do Sul (Linha Sítio), Encantado II (Linha São Luiz) a terraplenagem encontra-se em andamento. Já a granja de Venâncio Aires (Linha 17 de Junho) tem previsão para início das obras no mês de abril. A nona e última área está em trâmites para definição. 

 

 

Foto: Karine Conzatti
Fonte: Assessoria de Imprensa Dália Alimentos
Jornalista Carina Marques