Solidariedade Vale do Taquari RS RSS Destaques

Asilo Padre Cacique recebe grande volume de doações na semana em que completou 120 anos

Alimentos, roupas, itens de higiene pessoal e limpeza foram entregues no sábado (Fotos: Vanessa Paliosa)

O sábado (23) foi de muita solidariedade e amor na entrega das doações arrecadadas ao Asilo Padre Cacique, que completou 120 anos na última terça-feira (19). Um grupo de pessoas da Região destinou a entidade mais de 3.500 produtos entre alimentos, roupas, itens de higiene pessoal e limpeza.

A iniciativa, realizada pelo segundo ano, surgiu a partir de uma reportagem de TV. Ao ver as dificuldades e o pedido de ajuda, Tamara Kremer deu início a solicitação por meio do Facebook marcando a professora Lisiane Scartezini. “No ano passado eu quem indiquei a campanha, neste ano não queria me envolver, mas a Tamara me marcou na publicação e depois foram surgindo outras pessoas e estabelecimentos interessados em apoiar a ideia”, conta Lisiane.

A campanha durou 15 dias e contou com a ajuda de moradores de Encantado, Muçum, Arroio do Meio, Roca Sales, Imigrante, Colinas, Lajeado, Carlos Barbosa, Anta Gorda, Doutor Ricardo, Estrela, São Paulo e São Paulo.

Segundo Lisiane os números surpreenderam, em 2017 haviam sido recolhidos 400 quilos de alimentos. “Num momento atual arrecadar uma tonelada de alimentos, mais de mil peças de roupa entre outros itens é indescritível. Só tenho a agradecer a todos que de uma forma ou outra auxiliaram para que essa campanha fosse um sucesso. Gratidão a todos que abriram seu coração para abraçar esta causa, muitos sem me conhecer”, diz.

‘Fazer o bem simples assim’ é o lema defendido pela encantadense. “Alguns questionaram o porquê de tanta campanha e a resposta é muito fácil, sempre tem quem precisa de ajuda mais do que eu. Não importa se eu conheço ou não quem estamos auxiliando, o importante é que neste período em que a coisa não está muito boa fazer algo para amenizar é essencial”, reforça.

Durante a visitação ao asilo as irmãs Emily e Evilym Brandão distribuíram balas aos moradores.

Durante a visitação as irmãs Emily e Evilym entregaram balas aos moradores da casa

Localizada na Avenida Padre Cacique, bairro Menino Deus, em Porto Alegre, atualmente, a entidade abriga cerca de 130 idosos e conta com o trabalho de 80 colaboradores. Para Daniela Dal Castel, Assessora Técnica Superintendente do asilo, a doação beneficiará imensamente os moradores. “Primeiramente agradecemos em nome de todos os vovôs e vovós da casa. Toda doação e ação realizada pela sociedade é super especial e valorizada, principalmente neste momento em que estamos reestruturando a entidade”, enaltece.

Um bom número de alimentos, fraldas e produtos de higiene tem sido doados a instituição, mas Daniela ressalta que a ajuda financeira também é muito importante para oferecer os serviços necessários aos acolhidos. “O nosso presidente sempre fala, não adianta ter o alimento e não ter quem o prepare. Temos algumas dívidas em aberto, assim como a folha de pagamento dos funcionários mensalmente. Não tem problema em ser uma ajuda de R$ 5, porque tudo é muito bem-vindo. Destaco que prezamos a transparência do nosso trabalho, é fundamental para manter nossas portas abertas”, reforça.

Interessados em ajudar podem realizar depósito no Banco do Brasil (agência: 0010-8, conta: 6100-X), Banrisul (agência: 0845, conta: 060669540-9) e/ou Caixa Federal (agência: 0623, operação: 003, conta: 1274-4).

Os números

Alimentos: 1106 quilos

Leite: 360 litros

Fraldas: 30 pacotes

Produtos de higiene e limpeza: 180 litros

Sabão em pó: 28 quilos

Sabão em barra: 42 unidades

Produtos de higiene e limpeza pessoal: 417 itens

Papel Higiênico: 200 rolos

Cadeira de Rodas de banho: 1

Medicação: 38 caixas

Aas: 56 cartelas

Peças de roupas: 1106 peças

Calçados: 21 pares

Cobertores: 16

Atualmente o asilo, que abriga cerca de 130 idosos, passa por dificuldades e busca se reestruturar

Envolvidos

Além de Lisiane e Tamara, Vitória Stürmer Bortoletti, Ramon Mazzarino, Natália Vian, Andreia Lohmann, Cassiana Cristina Lourenço, Eduarda Maccari, Keli Maria, Simon Pass, Elmari Lohmann, Solange Faber, Margarete e Jeri Hammes, Elias e Cia, Igor Pires, Bonecrinha – Arteira Com. Miudezas, Aero Assistencial de Lajeado e Marina Giacomolli da lojas Volpato de Encantado foram pontos de coleta e auxílio na arrecadação e entrega dos mantimentos.

Texto: Portal Região dos Vales