RS Encantado RSS Rural - Agricultura Destaques

Associados conhecem detalhes do América Programa Avícola

 Associados atentos às informações repassadas por Freitas (Foto: Carina Marques)
Associados atentos às informações repassadas por Freitas (Foto: Carina Marques)

Os cerca de 200 associados que participam dos nove núcleos de produção de frango de corte do América Programa Avícola, da Dália Alimentos, reuniram-se no dia 17 de janeiro, no Clube Comercial, em Encantado. Estes sócios fazem parte de uma das etapas do programa que também envolve a cooperativa e os funcionários.

O encontro foi conduzido pelo presidente Executivo, Carlos Alberto de Figueiredo Freitas, que detalhou cada fase do programa que se encontra em fase de desenvolvimento. A ênfase principal foi para a etapa que abrange o quadro social, ou seja, para os núcleos de produção de aves, que já estão divididos em nove empreendimentos e serão edificados em municípios do Vale do Taquari.

Freitas falou acerca das estratégias para a viabilização dos investimentos, das linhas de financiamento que serão adotadas, das formas de pagamento, carência e taxas de juros adotadas. Cada condomínio terá o custo de R$ 7,5 milhões, cujo valor será financiado pelo Sicredi. “Este é um projeto de alta complexidade e essa reunião é muito importante para definição de alguns pontos e esclarecer as dúvidas dos associados. Estamos ingressando em uma atividade inédita para a Dália, em que a parceria entre cooperativa, associados e funcionários será fundamental para a boa gestão e andamento dos trabalhos”.

Também foi apresentado o atual cenário quanto às negociações das áreas de terra onde os nove condomínios serão implantados. Vespasiano Corrêa, Encantado e Mato Leitão encontram-se em fase de terraplenagem; os municípios de Anta Gorda e Venâncio Aires no processo de limpeza das áreas; Marques de Souza e Encantado (que terá um segundo núcleo) no aguardo das licenças ambientais. As prefeituras de Cruzeiro do Sul e Travesseiro estão em negociação para possível viabilização dos projetos nestes municípios.

Demais etapas

As outras duas etapas do América Programa Avícola têm a participação da Dália e dos funcionários. A cooperativa, na parte de construção do Complexo Avícola que integrará abatedouro de aves, fábricas de ração e de farinhas de carnes e de ossos (em Arroio do Meio), além de incubatório (em Mato Leitão). Este investimento será de R$ 95 milhões.

Já os empregados da Dália, que constituem outro grupo, responsável pelo matrizeiro (granjas de recria e postura para a produção de ovos férteis), estão ligados ao Projeto ASA, cujo empreendimento será construído na cidade de Vale Verde. “Temos um programa muito bem organizado e estruturado, que demandará gestão compartilhada para o seu sucesso, além do engajamento de todas as partes envolvidas”, assinala Freitas.

O presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini, falou da forma associativa do projeto e observou que o formato pensa na viabilização do negócio e, principalmente, do pequeno produtor rural. “Somos audaciosos em implantar um projeto como este. Arrojado e ousado surge como uma nova atividade para diversificar o mix de produtos Dália e também para agregar renda às famílias associadas e de funcionários envolvidos”.

Além dos associados aos condomínios também participaram do encontro o gerente da Divisão Produção Agropecuária, Igor Weingartner; o gerente da Divisão Frango de Corte, Pedro Raul Mallmann; o técnico em agropecuária, Vanderlei Michelon; o supervisor do Setor Tesouraria, Fernando Pagliari; o supervisor do Setor Contabilidade, Ivo Villa; o assessor jurídico, Reinaldo Cornelli; e os representantes do Sicredi Magnor Genesini e Marcos De Conto.

Texto: Ascom Dália Alimentos