Meio Ambiente RSS Lajeado

Aterro Sanitário de Lajeado tem área ampliada

Terreno está localizado ao lado do aterro já existente (Foto: Divulgação)

Um terreno de 2,7 hectares recém adquirido pela Prefeitura de Lajeado permitirá a ampliação do Aterro Sanitário do município. A área fica localizada ao lado do aterro, o que facilitará a continuidade do projeto de destinação dos resíduos produzidos na cidade. Atualmente, Lajeado produz cerca de 60 toneladas de lixo por dia.

A escolha de uma área vizinha foi considerada a alternativa menos invasiva para o meio ambiente. No entorno do Aterro Sanitário, que é responsabilidade da Secretaria do Meio Ambiente (Sema), já existe uma zona de amortecimento e dispositivos de controle ambiental em operação. Responsável técnico pelo Aterro, o Químico Industrial Renan Augusto Mallmann destaca a necessidade da ampliação. “A aquisição da nova área de terras garante o correto tratamento e disposição final dos resíduos gerados no município. O espaço físico da área atual não comportaria a ampliação necessária”, explicou Renan.

Com a ampliação da área, também será possível a modernização do Aterro. Atualmente, o local conta com estrutura de segurança, monitoramento, balança rodoviária, maquinários e pessoal. “A compra da área de terras era imprescindível para a ampliação prevista. Queremos modernizar o espaço e trazer técnicas que diminuam o impacto ao meio ambiente. Além de ser desvantajosa a instalação de outro empreendimento, seria mais agressiva à natureza”, apontou Luis Benoitt, secretário do Meio Ambiente.

Para a ampliação, a Prefeitura desapropriou o terreno e indenizou os antigos proprietários. Ressalta-se que no final de 2017, foram apresentados quatro projetos referentes ao Chamamento Público para Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) 01-01/2017, que tem o objetivo de buscar soluções ambientalmente corretas para a manutenção e modernização do aterro sanitário. Com o PMI recentemente encerrado, agora será iniciado o processo de licitação.

Texto: Ascom Lajeado