Coronavírus Educação Estrela

Aulas presenciais na rede municipal são retomadas

Crianças fazem a higienização e aferição da temperatura já na chegada

Início ocorre nesta terça-feira com as turmas da pré-escola, que compreende mais de 600 crianças entre 4 e 6 anos

Foi dado início, nesta terça-feira (20), ao retorno programado e gradual das aulas presenciais na Educação Infantil na Rede Municipal de Ensino de Estrela. Neste primeiro momento a volta ocorreu pelas turmas da pré-escola, que compreende as crianças entre 4 e 6 anos. A projeção da Secretaria Municipal de Educação (Smed) de Estrela é de que 60% das mais de 600 crianças matriculadas nesta área retornem às atividades nestes primeiros dias. O atendimento não presencial segue sendo realizado.

O retorno ocorreu de acordo com as restrições protocolares, determinados nos decretos estaduais que devem ser seguidos pelos municípios. Entre estes o atendimento de no máximo 50% da capacidade da turma, impedindo neste primeiro momento o atendimento integral. Com isso a família precisou optar pela parte da manhã, das 7h às 12h, ou à tarde, das 13h às 18h. Previamente, a Smed encaminhou pesquisa aos pais e a partir da posição dos mesmos definiu o cronograma de cada escola e turma. Os pais que optaram por não enviar o(s) filho(s) de volta às aulas presenciais continuam a receber as atividades de forma física e/ou plataforma.

A Smed atendeu a todos os processos para cumprir os protocolos sanitários de saúde, em razão da pandemia. Por enquanto não será servido almoço na escola, mas apenas lanches pela manhã e à tarde, somando três refeições em cada turno. Neste período de tempo, antes dedicado à principal refeição nas escolas, será feita a higienização dos espaços, brinquedos e materiais. Tapetes higienizadores estão à disposição e é realizada e aferição da temperatura das crianças, professores e funcionários. Uma série de medidas extras foram tomadas. A Smed também realizou testes prévios dos professores, sendo que aqueles que testaram positivo ou apresentaram sintomas foram afastados do atendimento nas escolas.

Para as crianças de 0 a 3 anos, a chamada “etapa creche”, o retorno segue indefinido devido os protocolos exigidos para esta faixa etária. Os professores, por exemplo, estão impedidos de pegarem no colo crianças que estiverem chorando, e as crianças devem manter distanciamento de dois metros entre elas. Também não podem trocar de brinquedos ou ocuparem o mesmo espaço antes de uma higienização do local. No Ensino Fundamental, o município também adotará o protocolo do Estado, com retorno dos Anos Finais previsto para o dia 28 de outubro e Anos Iniciais em 12 de novembro.

 

 

Fotos: Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Estrela