Iniciativa Destaques Lajeado

Biblioteca Pública Municipal amplia o acervo de livros

Mais de 300 novos livros estão à disposição dos leitores da Biblioteca Pública Municipal João Frederico Schaan. O investimento de R$ 14.500 foi feito com recursos da Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria da Cultura, Esporte e Lazer (SECEL). Os livros novos foram catalogados e já estão disponíveis para retirada.
Conforme a professora Kelen Giongo, que trabalha na Biblioteca, a Prefeitura adquire anualmente um volume expressivo dos mais diversos gêneros literários atendendo as sugestões dos leitores e observando as estatísticas que apontam as categorias com maior procura. Compõe o novo acervo exemplares de literatura americana, brasileira, inglesa, alemã, infantojuvenil, infantil, espiritismo, autoajuda e biografias, entre outros.
– A leitura auxilia na escrita, melhora o vocabulário, estimula a memória, desenvolve o  raciocínio, além de ser uma ótima prática de lazer. Investir em leitura significa investir no conhecimento, o que amplia a cultura do ser humano tão necessária para desenvolvermos o senso crítico. A literatura é fantástica. Há uma gama muito diversificada de gêneros literários na biblioteca, tem para todos os gostos – disse Kelen.
Para retirar os livros, basta fazer parte do grupo de leitores da Biblioteca Pública. Para se associar, o leitor deve residir no município de Lajeado ou ter algum vínculo com o município, como trabalhar ou estudar. Para se associar, o interessado deverá apresentar CPF, comprovante de endereço atualizado ou comprovante do vínculo com o município e telefone para contato. A contribuição anual é de R$ 7,00.
Biblioteca Pública Municipal
 
Telefone: 3982-1086 ou 3982-1087
Horário de atendimento: segunda a quinta-feira das 8 às 17h, sexta-feira das 8h às 14h e no primeiro sábado do mês das 8h30 às 11h30
Endereço:  Rua Júlio de Castilhos, 411 – Bairro Centro
Confira alguns dos títulos adquiridos:
 
– Coleção O Povo do ar, de Holly Black
– Humanidade, de Rutger Bregman
– O último trem para Londres, de Meg Weite Clayton
– O que aprendi com o silêncio, de Monja Coen
– Refúgio, de Nora Roberts
– Os sete maridos de Evelyn Hugo, de Taylor Jenkins Reid
– Esplêndida, de Julia Quinn
– Torto arado, de Itamar Vieira Junior
– Letal, de Sandra Brown
– Até o fim, de Harlan Coben