RS RSS Destaques Polícia

Brigada Militar forma 506 novos soldados para o policiamento ostensivo do estado

São 507 novos policiais que vão auxiliar na Segurança Pública do Rio Grande do Sul”, ressaltou o governador (Foto: Dani Barcellos/Palácio Piratini)

O policiamento ostensivo do Rio Grande do Sul passa a contar com 506 novos policiais. A Brigada Militar (BM) formou, na sexta-feira (6), em cerimônia no Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre, os soldados que devem atuar nas ruas a partir desta segunda-feira (9). Os novos brigadianos serão distribuídos, nos primeiros 30 dias, nos municípios com maiores indicadores de criminalidade. Depois, serão realocados em outras cidades.

“Hoje celebramos esta importante conquista na carreira de todos vocês, e acima de tudo, estamos aqui para concretizar mais uma conquista de toda a sociedade. A comemoração é, não apenas dos novos soldados e seus familiares, mas de todos. São 507 novos policiais que vão auxiliar na Segurança Pública do Rio Grande do Sul”, ressaltou o governador José Ivo Sartori, ao participar da solenidade.

Sartori reafirmou que a Segurança é uma prioridade do governo do Estado e investimentos em equipamentos e recursos humanos são destinados a combater a criminalidade. “Durante três anos, plantamos sementes. Fizemos alterações profundas, mas sem deixar de cuidar das áreas essenciais como Segurança, Educação, Saúde e Social. Já estamos colhendo os resultados. Graças ao apoio e trabalho de toda a sociedade”, salientou.

Os soldados receberam o diploma de conclusão do Curso Básico de Formação Policial Militar/Curso Superior de Tecnologia em Aplicação de Polícia Militar, com carga horária de 1.650 horas-aula. O curso foi dividido em três módulos: conhecimentos específicos da atividade policial-militar, disciplinas de direito (penal, penal militar, processo penal militar, institucional), sociologia da violência, uso da força e da arma de fogo, decisão de tiro.

O processo de chamamento dos aprovados no concurso público teve início no dia 21 de junho de 2017. Nos meses de dezembro de 2017 e janeiro e fevereiro deste ano, os formandos realizaram estágio operacional supervisionado, em apoio ao Comando de Policiamento da Capital (CPC), Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), Comando Regional de Polícia Ostensiva da Região da Serra (CRPO/Serra), e Comando Regional de Polícia Ostensiva da Região do Litoral Norte (CRPO/Litoral), compondo efetivos de apoio à Operações e eventos especiais que ocorreram no período.

O secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, destacou o empenho do governo do Estado em promover o ingresso de servidores, o reaparelhamento das instituições e a valorização dos quadros, com promoções e manutenção do calendário de reposições salariais. “Ações que se complementam”, disse.

Dos 506 novos soldados, 121 são mulheres, e o secretário destacou que este é “um número que representa um importante avanço na gestão da representatividade feminina dentro da corporação”, avaliou. Schirmer ainda frisou que os novos soldados vêm para reforçar as políticas de Segurança e melhorar os indicadores no estado.

Para o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Andreis Silvio Dal’Lago, a formatura dos novos servidores potencializa as ações de polícia ostensiva, de prevenção, de manutenção e de aprimoramento da ordem pública em todo o estado. “Não são apenas 506 novos soldados, são novos profissionais em polícia ostensiva altamente qualificados”, destacou.

Dal’Lago agradeceu o governador e todo o governo pelas ações voltadas à valorização da Brigada Militar, seja de recursos humanos ou materiais, que segundo o comandante-geral, é importante para “o alto grau de eficiência na sua atividade”.

O comandante-geral da BM encerrou destacando o papel dos novos soldados a partir de agora. “Vocês serão os protagonizadores da cultura da paz junto a população, honrando a farda de 180 anos de história. Serão os guardiões das pessoas, principalmente dos mais necessitados”, enfatizou.
Para o paraninfo da turma e procurador-geral de Justiça do Estado, Fabiano Dallazen, a missão, a partir de agora, não é fácil, mas eles estão “aptos a servir e proteger o povo no policiamento ostensivo”, e pediu que a sociedade respeite e reconheça o trabalho de todos os novos brigadianos.

Aumento de efetivo

Já ingressaram nas ruas 3.674 servidores, em todas as Instituições de Segurança Pública. O Corpo de Bombeiros Militar e a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) estão em processo de formação de novos servidores. O governo do Estado também tem concursos em andamento para a área da Segurança Pública: 106 vagas para o Instituto Geral de Perícias (IGP); 4.100 vagas para soldados e 200 para oficiais na BM; 450 vagas para soldados e 50 para oficiais no Corpo de Bombeiros; e 1.200 vagas para inspetores e escrivães e 100 para delegados na Polícia Civil.

Texto: Ascom RS