Solidariedade Lajeado

Caminhada alusiva ao Setembro Amarelo é realizada em Lajeado

Nesta terça-feira, 24/09, cerca de 100 pessoas partiram da Praça da Matriz e caminharam pela Rua Júlio de Castilhos, no centro de Lajeado, com o objetivo de conscientizar e orientar sobre o Setembro Amarelo. A caminhada foi organizada pela Prefeitura de Lajeado por meio da Secretaria da Saúde (Sesa) e do Comitê de Promoção à Vida.

Durante o percurso, os participantes carregaram placas informativas, faixas, balões e usaram camisetas amarelas chamando atenção para o mês de prevenção ao suicídio. O grupo também cantou músicas sobre a vida e entregaram mensagens motivacionais para quem circulava nas imediações.

Ao final da caminhada, a Rua Júlio de Castilhos foi tomada por emoção quando os participantes se deram as mãos, cantaram e gritaram “Vida” todos juntos.

”Me deixou feliz ver muitas pessoas participando da caminhada. Esse tema ainda é um tabu porque ainda se tem muito preconceito e não se compreende que por trás disso tem um sofrimento e várias tentativas de sair”, contou a coordenadora da saúde mental, Graciela Pasa. ”Estamos em uma tendência crescente de mudança de pensamento sobre isso e de valorização dessa área da saúde ”, concluiu.

Foi a segunda vez que a estudante e estagiária do Centro de Atendimento Piscossocial Álcool e Drogas (CAPS AD), Jéssica Dick, participou da caminhada. “A experiência foi muito gratificante, pois como estudante de psicologia é importante estar engajada em causas sociais e levar a informação para as pessoas. A informação gera conhecimento e autonomia para as pessoas buscarem ajuda e deixarem o preconceito de lado”, disse Jéssica.

Além disso, ao longo do dia, funcionou em frente à agência da Caixa Econômica Federal, na Rua Júlio de Castilhos, uma tenda de orientações sobre a valorização da vida e prevenção ao suicídio. Com a pergunta “O que te motiva a viver?”, a comunidade foi convidada a responder escrevendo frases significativas, que posteriormente, foram afixadas em um laço.

No local, também foram distribuídas cartilhas de orientações. Para Roselaine Fagundes, 40 anos, a cartilha é uma forma de aprender a auxiliar os outros. ” Meu sobrinho se suicidou com 17 anos. Eu precisaria desse folheto naquela época. E essas informações são boas para aprendermos a lidar com esse assunto e ajudar outras pessoas”, disse Roselaine, auxiliar de cozinha.

Também durante o dia, os representantes do Comitê estenderam uma faixa, quando a sinaleira indicava proibição de passagem, para alertar os motoristas com a frase “No tempo que você espera o sinal abrir, uma pessoa morre por suicídio no mundo”.

O mesmo tema também pautou diversas atividades nas unidades de saúde durante todo mês de setembro.

Comitê de Promoção à Vida

O Comitê organizador é intersetorial, com representantes da saúde de Lajeado, da educação, da assistência social e de estudantes da pós-graduação em residência multiprofissional da saúde da família da Univates. Formado desde 2010, o grupo se encontra mensalmente na Secretaria de Saúde (Sesa) para debater a prevenção ao suicídio. As ações acontecem durante todo o ano, mas especialmente no mês de setembro, o Comitê organizou a caminhada e outras atividades para a campanha, com o objetivo de informar e alertar a população sobre o tema.

Saiba mais

O Setembro Amarelo é uma campanha de consciencização sobre a prevenção ao suicídio com o objetivo de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo, bem como suas formas de prevenção. Desde 2014, a campanha é realizada no mês de setembro, porque o dia 10/09 é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Segundo estimativas oficiais do Ministério da Saúde, pelo menos 32 brasileiros cometem suicídio a cada dia.

 

 

Texto e fotos Pietra Darde
Assessoria de Imprensa de Lajeado