Solidariedade Social Estrela

Caminhando com Apae promove saudável integração

Caminhada reuniu mais de 300 pessoas / Foto Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela

Mais de 300 pessoas participaram do evento solidário que valorizou trabalho e celebrou o aniversário da entidade

Foi realizada em Estrela, no domingo (15) pela manhã, a 1ª edição do Caminhando com a Apae. E todas as expectativas para com o evento de solidariedade e reconhecimento ao trabalho da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) estrelense foram superadas. Organizada em conjunto pela direção da Apae e a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Smel), a caminhada reuniu mais de 300 pessoas que em ritmo de marcha percorreram duas distâncias: 1 km e 5 km, em uma confraternização que foi “muito além”.

Antes mesmo da largada, uma pré-caminhada já havia sido feita por muitas pessoas. É que casais e famílias inteiras se deslocaram a pé até o ginásio da entidade, local de concentração do evento. Animais de estimação não ficaram de fora. A integração que se buscaria com o passeio também surgia naturalmente nas rodas de conversas com chimarrão da ervateira Amizade. Um aquecimento coletivo oportunizado pela professora Carina Miguel, a presença de animadores da Off Aventura e do mascote da Balas Boavistense, também apoiadores do evento, completou o alegre cenário antes mesmo da partida.

Conforme os organizadores, o evento teve como objetivo proporcionar mais uma oportunidade de a comunidade conhecer o trabalho da entidade, que no dia 18 de agosto completou 52 anos, e de interagir com alunos, famílias e as equipes de trabalho. As inscrições eram gratuitas, mas a venda das camisetas alusivas ao evento arrecadaram fundos. As tradicionais bolachas e biscoitos produzidos pela Apae foram vendidos no local antes e depois da caminhada, que no percurso mais longo demorou cerca de uma hora. Diretora da Apae, Rose Tolio comemora o sucesso da iniciativa. “O nosso objetivo é, das mais diversas maneiras, mostrar o trabalho que a entidade vem realizando, e em conjunto com Smel montamos este especial evento. O próximo ocorre em outubro, a nossa tradicional Festa da Família, quando convidamos mais uma vez todas as famílias apaeanas e a comunidade a participarem.” O titular da Smel, Julio Saldanha Pereira, reforça. “Devemos sempre criarmos maneiras da fazer com que a atenção da comunidade volte-se à Apae, e esta foi mais uma que contou com a nossa colaboração.”

Reconhecimento

A família de Caio Horn foi uma das que, toda trajando a camiseta alusiva ao evento, se deslocou a pé até ginásio e depois percorreu a maior distância. Portador de Síndrome de Down, Caio frequenta a Apae desde os 10 dias de idade. Hoje, aos 21, já trabalha. “Estou feliz. Muito legal”, diz o jovem. Regina Horn destaca a evolução do filho. “Foi fundamental para a evolução dele todo o trabalho desenvolvido na entidade, todos os estímulos que recebeu, de bebê à idade adulta. E não somente ele, mas também as famílias, que criam um elo muito forte uma com as outras”, explica. “Devemos valorizar, ajudar, pois nenhuma família tem a garantia de que, direta ou indiretamente, não precise ou vá precisar um dia do apoio da Apae.”

Prêmio doado

Ao fim da caminhada foi realizado o sorteio de mais de duas dezenas de brindes oferecidos pela própria Smel, Apae e apoiadores da causa, entre eles Suprivale, Sicredi, Ruah – Espaço de Vida, Launer Química e os demais já citados. A maior expectativa ficou para os dois últimos prêmios: camisetas de Grêmio e Internacional, autografadas por Everton Cebolinha e D’Alessandro, ofertadas pela Smel e cuja obtenção das assinaturas foi uma tarefa dos consulados estrelenses da Dupla Gre-Nal, parceiros da iniciativa. Henrique Ramminger foi sorteado com a camiseta colorada. Gremista, o jovem estrelense de 9 anos, em acordo que já tinha sido tomado com a família caso fosse o vencedor deste prêmio, tomou atitude que arrancou aplausos de todos: a doou para ajudar na causa da teutoniense Livia Teles, de 10 meses, portadora de atrofia muscular espinhal que precisa arrecadar recursos para o tratamento. A camiseta gremista ficou com Taís Hart Pezzini. Brigada Militar, Grupo Riders, Jeep Club foram outros apoiadores do evento. Mais fotos em álbum na fanpage da Prefeitura de Estrela.

 

Texto: Rodrigo Angeli
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Estrela