Melhor Idade Saúde Anta Gorda

Campanha de vacinação entra para a segunda fase em Anta Gorda

A campanha de vacinação contra a H1N1 está entrando para a segunda fase em Anta Gorda. Agora o foco é a vacinação dos profissionais das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros e motoristas de transporte coletivo e portadores de doenças crônicas.

A secretária de saúde, Anadir C. Souza reforça a importância da vacinação para estes profissionais e alerta para o fato de o estoque de vacinas ser limitado. Anadir pede aos integrantes destes grupos, que precisam fazer a vacina, que façam contato primeiro pelo telefone, para verificar a disponibilidade e agendar um horário, além de receberem informações complementares e tirarem dúvidas.

Anadir salientou que o cartão de vacinação é indispensável para todas as pessoas, para os profissionais da área de segurança e salvamento solicita-se a identidade funcional e para os caminhoneiros e motoristas de transporte coletivo solicita-se documento que comprove a atuação na função neste momento como: crachá funcional, contracheque atualizado, comprovante de sócio na empresa que trabalha.

         Para os portadores de doenças crônicas que o MS elenca como grupo de risco devem apresentar atestado médico com  o CID  que comprove a condição clínica:

Categorias de risco clínico e indicações para vacinação contra a influenza. Brasil. 2020

Categoria de risco clínico Indicações
Doença respiratória crônica Asma em uso de corticóide inalatório ou sistêmico (Moderada ou Grave);

Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC);

Bronquiectasia;

Fibrose Cística;

Doenças Intersticiais do pulmão;

Displasia broncopulmonar;

Hipertensão Arterial Pulmonar;

Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.

Doença cardíaca crônica Doença cardíaca congênita;

Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;

Doença cardíaca isquêmica;

Insuficiência cardíaca.

Doença renal crônica Doença renal nos estágios 3,4 e 5;

Síndrome nefrótica;

Paciente em diálise.

Doença hepática crônica Atresia biliar;

Hepatites crônicas;

Cirrose.

Doença neurológica crônica Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;

Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: Acidente Vascular Cerebral, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares;

Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular;

Deficiência neurológica grave.

Diabetes Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos.
Imunossupressão Imunodeficiência congênita ou adquirida

Imunossupressão por doenças ou medicamentos

Obesos Obesidade grau III.
Transplantados Órgãos sólidos;

Medula óssea.

Portadores de trissomias Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter, Síndrome de Wakany, dentre outras trissomias.

 

Assessoria de Imprensa de Anta Gorda