Oportunidade Emprego Estrela

Candidatos ao Conselho Tutelar de Estrela realizarão prova eliminatória

Comdica – Carla Kalsing e secretário Jônatas dos Santos

São 20 candidatos aptos ao teste. Apenas os aprovados poderão participar da votação direta popular em 6 de outubro

Será realizada domingo (11) mais uma etapa da escolha dos novos conselheiros tutelares de Estrela. Os 20 candidatos inscritos e considerados aptos passarão agora pela prova escrita (de caráter eliminatório). A mesma será realizada entre as 9h e 11h30min, na Faculdade La Salle Estrela. Apenas os aprovados poderão continuar no processo. Este conta ainda a eleição dos candidatos por voto direto, sendo que antes ocorrerá curso de formação preparatório com temas específicos onde será exigida presença total do candidato. O pleito é todo coordenado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Estrela (Comdica), presidido por Carla Patrícia de Oliveira Kalsing, tem apoio técnico da Administração Municipal e fiscalização do Ministério Público.

Os aprovados e os que participarem da capacitação poderão então se candidatar à votação popular. Esta se dará através de voto direto, secreto, universal e facultativo dos cidadãos do município, agendada para 6 de outubro de 2019, das 8h às 17h, que ocorrerão de forma igual em todo o País. Em Estrela terá como local o Colégio Santo Antônio/ Faculdade La Salle. Poderão votar os maiores de 16 anos, inscritos como eleitores do município até o dia 07 de julho de 2019 (independente do processo de biometria), devendo o eleitor apresentar, por ocasião da votação, o título de eleitor e/ou documento oficial com fotografia. Serão considerados eleitos os cinco mais votados, e os outros candidatos subsequentes ficarão como suplentes.

O secretário de Administração e Recursos Humanos (SeadRh) de Estrela, Jônatas dos Santos, ressalta a importância do momento. “É a primeira vez que Estrela faz a escolha direta dos candidatos. O processo busca condições igualitárias a todos os concorrentes a uma função de relevância social muito grande, pois estamos tratando dos direitos das crianças e adolescentes”, diz. “Em Estrela ainda optamos em Lei tornar o sufrágio mais completo e qualificado ao exigir outras etapas, como a prova escrita e o curso preparatório.”

O cargo de Conselheiro Tutelar requer dedicação exclusiva, sendo vedado o exercício simultâneo de qualquer outro cargo, emprego ou função pública ou privada. A jornada de trabalho é de segundas a sextas-feiras, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h, além de plantões e atendimentos. A remuneração mensal é de R$ 1.279,67, mais benefícios como vale-alimentação, férias remuneradas e 13º salário. O mandato é de quatro anos, a contar de 10 de janeiro de 2020. Mais detalhes podem ser obtidos no edital que se encontra no link “Eleição Conselho Tutelar” na página da Prefeitura de Estrela (https://estrela.atende.net/#!/tipo/pagina/valor/45); ou na sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), na Rua Pinheiro Machado, 343, sala 2, Centro.

 

Texto: Rodrigo Angeli
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Estrela