Emprego Social Estrela

Candidatos ao Conselho Tutelar de Estrela tiram fotos e recebem números

Encontro marcou o sorteios dos números dos candidatos e o registro fotográfico para a eleição

Restam dez candidatos às cinco vagas de titulares, cuja votação ocorre em outubro. Serão também cinco os suplentes

Os candidatos que seguem na disputa por uma das dez vagas – cinco titulares, cinco suplentes – ao Conselho Tutelar de Estrela compareceram à Prefeitura da tarde desta quarta-feira (21). Eles vieram acompanhar o sorteio dos números que levarão consigo na eleição de outubro e tirar a foto oficial para a urna de votação. O processo é coordenado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Estrela (Comdica), tem apoio técnico da Administração Municipal e fiscalização do Ministério Público. O secretário de Administração e Recursos Humanos, Jônatas dos Santos, e a presidente do Comdica, Carla Patrícia de Oliveira Kalsing, instruíram os candidatos.

Até o dia 11 eram ainda 20 os candidatos aptos a seguirem na eleição. Estes realizaram a prova escrita e de caráter eliminatório, que faz parte do processo. Onze foram aprovados, mas um dos concorrentes foi eliminado por outros critérios técnicos exigidos. Seguem no pleito Janice Scheer Michels; John Clever de Souza; José Juarez de Freitas; Lisiane Zancanaro Deifeld; Luana Raquel dos Santos; Luiz Carlos Pereira dos Santos; Maria Isabel Schilling; Pâmela Gabriele Barcelos Guedes; Paulo Roberto Martins e Tatiana Patrícia Rodrigues Trindade.

Os candidatos participarão agora de curso de formação preparatório com temas específicos onde será exigida presença total. Apenas estes poderão concorrer na eleição. Esta se dará através de voto direto, secreto, universal e facultativo dos cidadãos do município, agendada para 6 de outubro de 2019, das 8h às 17h, que ocorrerão de forma igual em todo o País. Em Estrela terá como local o Colégio Santo Antônio/Faculdade La Salle. Poderão votar os maiores de 16 anos, inscritos como eleitores do Município até o dia 07 de julho de 2019 (independente do processo de biometria), devendo o eleitor apresentar, por ocasião da votação, o título de eleitor e/ou documento oficial com fotografia. Serão considerados eleitos os cinco mais votados, e os outros candidatos subsequentes ficarão como suplentes.

O cargo de Conselheiro Tutelar requer dedicação exclusiva, sendo vedado o exercício simultâneo de qualquer outro cargo, emprego ou função pública ou privada. A jornada de trabalho é de segundas a sextas-feiras, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h, além de plantões e atendimentos. A remuneração mensal é de R$ 1.279,67, mais benefícios como vale-alimentação, férias remuneradas e 13º salário. O mandato é de quatro anos, a contar de 10 de janeiro de 2020. Mais detalhes podem ser obtidos no edital que se encontra no link “Eleição Conselho Tutelar” na página da Prefeitura de Estrela (https://estrela.atende.net/#!/tipo/pagina/valor/45); ou na sede do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), na Rua Pinheiro Machado, 343, sala 2, Centro.

 

 

Texto: Rodrigo Angeli
Fotos: André Silva/Prefeitura de Estrela
Assessoria de Imprensa Estrela