Encantado Eventos Destaques

Canto da Lagoa Recordações reviveu emoções

A edição 2021 do Canto da Lagoa veio para reforçar o termo “recordar é viver”. Além de apresentar canções que marcaram as dezesseis edições do evento, o Canto da Lagoa Recordações, realizado em live na última sexta-feira (10), contribuiu ainda mais para a consolidação do principal festival de música de Encantado.

A transmissão iniciou às 20h pelo Facebook e Youtube do Canto da Lagoa. Além das faixas selecionadas pela equipe organizadora para compor o evento, o público pôde escolher, através de votação, outras três canções que também foram apresentadas durante a noite através do videoclipe, apresentado nos intervalos da live.

As músicas mais votadas foram: “Com o Violão na Garupa”, milonga que marcou a segunda edição, escrita por Mauro Moraes e defendida por Neto Fagundes; Feitiço da Lagoa, música que retrata Encantado e a Lagoa da Garibaldi, apresentada na 11ª edição do evento; Saudade Tropeira, com letra de Juca Novaes e música de Rafael Altério e Eduardo Santana, uma das mais populares canções da 7ª edição.

“Grandes nomes da Música Brasileira passaram por aqui. A ideia de resgatar uma composição de cada edição foi justamente com o intuito de evidenciar toda essa variedade”, explica o Diretor Musical, Fernando Graciola. Kako Xavier, convidado especial da edição, subiu ao palco para interpretar seus principais sucessos. O artista estreou no palco do festival em 1995 e seguiu integrando o evento ao longo das edições.

Na sexta-feira, Kako interpretou Cobra criada (Kako Xavier/Eduardo Radox), apresentada na 11ª edição, com participação especial Gustavo Ghisleni na bateria; As águas vão levar (Kako Xavier/Duda Jacques), música da 14ª edição do evento; Coração do Sul (Kako Xavier/Duda Jacques), da 6ª edição, que contou com participação especial de Maurício Horn no acordeom e Daniel Orlandini em voz; Pelos olhos do meu amor (Kako Xavier/Duda Jacques), da 10ª edição e Morena Maçambiqueira (Kako Xavier/Ivo Ladislau), canção que fez parte da 5ª edição.

O evento também prestou homenagem ao ex-prefeito, Adroaldo Conzatti, falecido no início deste ano e que lançou o projeto do Canto da Lagoa, em 1991, quando esteve à frente da administração de Encantado. O filho de Adroaldo, Gilson Conzatti, recebeu a homenagem pelas mãos dos organizadores.

Ao longo das dezesseis edições, centenas de músicos, compositores e instrumentistas passaram pelo palco do festival, primeiro na Lagoa, depois no Parque, quando o evento tomou proporções maiores.

O Canto da Lagoa Recordações contou com o patrocínio da Fontana SA e com o financiamento do Pró-cultura, Governo do Estado do Rio Grande do Sul. A realização foi da Associação Cultural Encantado e contou com o apoio da Administração Municipal de Encantado.

 

Fotos: Agência Konce