Venâncio Aires Saúde RS RSS

CAPS Infanto-juvenil é inaugurado e Venâncio Aires passa a atender a microrregião


O trabalho do local permite agora que cerca de 120 pacientes com idade até 18 anos sejam atendidos no município (Foto: Divulgação)

A instalação de um Centro de Atendimento Psicossocial Infanto-Juvenil (Capsi) é uma conquista que a mais de anos a comunidade venâncio-airense esperava. Na quarta-feira, 14, um ato simbólico marcou as atividades do local que já atua desde meados de julho, quando o Governo Municipal conquistou a liberação do Governo Federal, através do Ministério da Saúde.

O trabalho do local permite agora que cerca de 120 pacientes com idade até 18 anos sejam atendidos em Venâncio Aires não precisando mais o deslocamento até Rio Pardo, como ocorria antes da instalação da unidade da Capital do Chimarrão. Agora, o CAPSi Venâncio-airense, também atende a microrregião, Mato Leitão, Passo do Sobrado e Vale Verde, e possibilita um trabalho qualificado de uma equipe multidisciplinar que conta com oficinas, atendimento médico, psicológico e psiquiátrico e assistência social.

Durante a solenidade, o Secretário Ramon Schwengber destacou o trabalho da equipe e a importante demanda que chega ao Centro, com pacientes que são encaminhados pelas unidades da rede SUS ou ainda pelas escolas do Município. “Temos a certeza de que Venâncio Aires tende apenas a crescer com todo este olhar voltado para a saúde mental. Já possuíamos outras unidades de CAPS, como o AD, e que com o Infanto-juvenil podemos ofertar uma qualidade melhor aos pacientes que não mais precisam se deslocar e focarmos no trabalho com os nossos usuários da melhor maneira possível”.

O CAPSi presta atendimento a crianças e adolescentes que possuem transtornos mentais graves e persistentes, inclusive pelo uso de substâncias psicoativas e nos últimos anos o Ministério tem priorizado estas unidades em cidades com altos índices de suicídios. O custo operacional do Caps Infantil é de R$ 32 mil por mês, parcela repassada pelo Governo Federal que liberou ainda um recurso de R$30 mil para a implantação do centro. Entre os casos atendidos estão transtornos mentais graves, como psicoses, transtornos de conduta e bipolaridade, além de depressão grave e autismo.

A definição do Ministério por Venâncio Aires foi destacada pelo Prefeito Giovane Wickert durante na solenidade. O Gestor lembrou da importância de todos os agentes que se envolveram para conquistar a unidade e enfatizou a importância ajuda de Deputado Alceu Moreira no processo. “Os progressos e as conquistas não podem ter apenas um dono, um herói. A implantação deste centro que era tão aguardado para fortalecer a nossa rede SUS é um importante ganho da comunidade, da nossa sociedade, de todos nós. Muitos foram fundamentais para esta confirmação e liberação do Ministério, mas eu preciso destacar o Deputado Federal Alceu Moreira (MDB) que não pode estar aqui presente, mas que nos auxiliou muito e garantiu junto ao Ministério o CAPSi para Venâncio”, enfatizou Wickert.
O atendimento ocorre na rua Sete de setembro, esquina com a Avenida Ruperti Filho, das 7h às 17h30min.

Texto: Ascom Venâncio Aires