Venâncio Aires Meio Ambiente RS RSS Destaques

Causa Animal: Município assina termo de adesão para castração de animais em situação de vulnerabilidade

Os pedidos serão avaliados pelo COMPA (Foto: Adriene Antunes)

O mês de outubro é também mês de São Francisco de Assis, santo protetor dos animais e ontem, 29, o Município de Venâncio Aires deu um passo histórico e importante para a causa animal. O Prefeito Giovane Wickert assinou o termo de adesão para a realização de castrações de animais em locais de vulnerabilidade. Um primeiro trabalho que une toda a sociedade civil, conselhos, órgãos públicos, Legislativo e a ONG Amigo Bicho.

Com o termo, o Poder Público vai garantir o procedimento de esterilização de animais pertencentes as famílias de baixa renda que participam de ações sociais e programas de assistência. No total serão investidos R$ 24 mil nos procedimentos que serão realizados pela empresa Assisvet Assistência Veterinária LTDA. O recurso utilizado é do Fundo Municipal do Meio Ambiente, autorizado de forma unânime pelo Conselho Municipal. No ato, a Presidente Norma Barden destacou que os conselheiros entenderam o projeto do Executivo e estão felizes em poder fazer parte deste momento.

Para o Gestor, o Município está dando os primeiros passos para cumprir de fato com o seu papel frente as demandas referentes aos animais. Wickert agradeceu o empenho de todos os envolvidos e principalmente as entidades, conselhos e a ONG Amigo Bicho que foram sensíveis desde a elaboração do projeto. “Nunca o Município havia feito este trabalho de realmente criar políticas públicas para a causa animal. Sabemos que este é um passo tímido, mas é o início. Vamos avançar ao longo do tempo, como já fizemos com a aplicação de vacinas no início deste ano. Agora queremos trabalhar no Centro de Bem Estar Animal e crescer nossos programas como a castração e a vacinação e ainda atender outras demandas pertinentes. Mesmo com as dificuldades financeiras vamos encarar e resolver estas pendências que se arrastam anos em nossa cidade”.

No próximo mês, serão divulgadas as regras para que as famílias interessadas efetuem o protocolo solicitando o serviço. Os pedidos serão avaliados pelo Conselho Municipal de Proteção aos Animais (COMPA). Com o termo, serão realizados esterilização e inserção de microchip por níveis e tamanhos dos cães e gatos fêmeas, que de acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária, Everton Notti, tem como objetivo diminuir o tamanho da população de animais de rua.

A Presidente da ONG Nais de Andrade afirmou estar muito feliz com o avanço que o Município está realizando e destacou que o trabalho dos ativistas não diminui, cresce a cada dia devido a falta de conscientização das pessoas para com os animais. Estavam presentes ainda no ato o Vice-Prefeito Celso Kramer, a Presidente do Legislativo Sandra Wagner, os vereadores Ciro Fernandes e Nelsoir Battisti, a Presidente do COMPA, Kátia Dietrich, Secretários, servidores do Poder Público e a imprensa.

Texto: Ascom Venâncio Aires