Destaques

Ceasa distribui mais de 15 toneladas de alimentos em campanha de combate à fome

A Ceasa gaúcha está distribuindo 15 toneladas de hortifrutigranjeiros, cerca de 500 cestas básicas, 1.660 pacotes de bolachas e 20 mil máscaras nesta sexta-feira (30/4). A ação fez parte da campanha nacional de combate à fome desenvolvida no mês de abril pela Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen), com participação de todas as Ceasas do país.

A secretária da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti, e o presidente da Ceasa, Ailton dos Santos Machado, participaram da abertura da campanha. Impressionada com a mobilização gerada, Silvana fez um agradecimento especial à colaboração de produtores e atacadistas. “Não conseguimos fazer ação solidária se não tivermos quem nos apoie. Aqui eu vejo um mundo diferente, de quem faz um trabalho maravilhoso. Me emociono de ver isso aqui. Vou dar todo o apoio e incentivo para atingirmos os objetivos”, afirmou a secretária.

Machado agradeceu a participação de todos que se engajaram na ação humanitária, sobretudo os permissionários, que nunca se negaram a colaborar quando solicitados. “São nossos irmãos nesta luta”, frisou o presidente da Ceasa. A coordenadora do Banco de Alimentos, Rosandrea Vargas, afirmou que sem a ajuda de todos nada disso teria acontecido. Ela destacou o grande volume de mantimentos coletados.

Presentes na solenidade, os presidentes das associações de Produtores, Evandro Finkler, e de Atacadistas, Sérgio Di Salvo, reiteraram a importância da parceria que as entidades mantêm com a Ceasa. Outra parceiro da Ceasa, o programa Mesa Brasil do Sesc/RS, foi representado pela nutricionista Andréa Rosa. A profissional lembrou que campanhas como esta fazem toda a diferença na vida de famílias de comunidades pobres.

Pela manhã, a equipe do Banco de Alimentos entregou cestas básicas, hortifrútis, pacotes de bolachas e máscaras para moradores da Ilha do Pavão. À tarde mantimentos serão doados para famílias das vilas Dona Teodora e Operária, ambas no bairro Humaitá, em Porto Alegre.