Cultura RS RSS Estrela

Centro de Cultura de Estrela recebe exposição “Crenças e Crendices”

A historiadora Letícia Oliveira é apaixonada por folclore, lendas e crenças (Foto: Jaqueline Backes)

O Centro de Cultura e Turismo Bertholdo Gausmann, de Estrela, abriu na segunda-feira a exposição Crenças e Crendices, com obras que convidam os visitantes a refletir sobre crenças e lendas criadas pelo povo e passadas de geração em geração. Resultado do trabalho da historiadora especializada em patrimônio cultural, Letícia de Oliveira, a exposição traz sete displays com 32 imagens que contam como surgiram as crenças e crendices.

A exposição é uma homenagem ao Dia do Folclore, comemorado em 22 de agosto. Letícia conta que trabalha com o tema desde 2013, por considerar muito instigante. “Eu queria entender, por exemplo, de onde surgiu a crendice de que apontar o dedo para estrela crescia verruga”, lembra. Durante a pesquisa, Letícia conta ter descoberto que no tempo da inquisição era comum que as crianças judias apontassem para a estrela mais brilhante. De uma hora para outra esse gesto simples passou a ser denunciador da condição judaica e a primeira coisa que as precavidas mães fizeram foi assustar seus filhos com a possibilidade do surgimento de uma verruga na ponta do dedo.

Outra crença interessante é que misturar manga com leite faz mal. Conforme a historiadora, a última refeição dada aos escravos era um copo de leite. Os senhores do engenho, na época do Brasil – Colônia, queriam com isso evitar que eles comecem as mangas da propriedade. Para quem quiser conferir essas e muitas outras curiosidades a respeito da temática, os trabalhos ficam expostos até o dia 31 de agosto. A historiadora ainda busca resposta para muitas perguntas, por isso, quem quiser contribuir com o trabalho e enriquecer o acervo pode enviar sugestões para o email cultura@estrela.rs.gov.br

Serviço: 
O que: Exposição Crenças e Crendices
Quando: de 13 a 31 de agosto de 2018 (de segunda a sexta-feira)
Horário: das 8h às 11h30min e das 13h30min as 17h
Onde: Centro de Cultura e Turismo Bertholdo Gausmann (Rua Marechal Floriano, 433 – Centro – Estrela)
Entrada franca

Texto: Ascom Estrela