Rural Ilópolis

Cerca de 400 pessoas participam de Encontro Diocesano de Sementes Crioulas em Ilópolis

O salão da Paróquia Santuário São Paulo do Apóstolo de Ilópolis recebeu um público de cerca de 400 pessoas de mais de 20 municípios diferentes nesta sexta-feira (14/06), para a décima nona edição do Encontro Diocesano de Sementes Crioulas. Evento itinerante, a atividade contou com benção e partilha de sementes, raízes e ramos de crioulas, apresentações culturais e três relatos de experiências do município: sobre abelhas sem ferrão, com Josamar Zatt, de utilização de artesanato com palha de trigo com Lúcia Chiesa e também sobre a ação do coletivo Amigas da Natureza com a Pastoral da Saúde.

Representando a Emater/RS-Ascar – uma das apoiadoras do evento -, o extensionista André Müller palestrou sobre a importância de se produzir alimentos livres de agroquímicos que, consequentemente, carregam consigo a ideia de nutrição, de saúde, de sabor, de respeito à vida e a natureza e de sustentabilidade. “Hoje em dia, o que vemos é uma produção em escala industrial, interessada apenas em geração de renda, mas com alimentos cheios de artificialidade, que trazem desequilíbrio e doenças”, salientou.

Em sua fala, também apresentou técnicas e dicas para a produção que toma por base o modelo agroecológico e que promove a biodiversidade. “É o caso de uma adequada nutrição do solo, do uso de estercos compostados e do controle biológico”, enfatizou, reforçando ainda a importância da organização, da capacitação e do acesso à assistência técnica. “A intenção com este tipo de encontro é de resgatar as sementes crioulas com vistas a conscientizar a população para a importância da preservação desse tipo de conhecimento”, frisou o assistente técnico regional em Manejo de Recurso Naturais da Emater/RS-Ascar, Marcos Schäfer.

Além de agricultores, estudantes e interessados pelo assunto, o evento reuniu autoridades, como o prefeito de Ilópolis Edmar Rovadoski, o supervisor da Emater/RS-Ascar Cezar Burille – no ato representando os gerentes regional e adjunto Marcelo Brandoli e Carlos Lagemann –, e a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Elione Spezia, entre outras. Burille destacou o trabalho da Emater/RS-Ascar, em consonância com outras entidades, no sentido de valorizar a segurança e a soberania alimentar. “É um trabalho que visa a permanência da saúde e a manutenção de uma alimentação mais saudável”, ponderou.

O encontro foi promovido pela Paróquia Santuário São Paulo Apóstolo de Ilópolis, Cáritas Diocesana, Comissão Pastoral da Terra (CPT) Diocesana e agricultores guardiões de sementes crioulas, com o apoio da Emater/RS-Ascar, STR, Prefeitura Municipal, Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA) da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) e Articulação em Agroecologia do Vale do Taquari (AAVT). O patrocínio foi da cooperativa Sicredi.

 

 

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional de Lajeado
Jornalista Tiago Bald