Solidariedade Social Os Vales em Notícia Estrela

Cestas básicas de ações sociais são entregues a famílias carentes

Aproximadamente três toneladas de alimentos, arrecadadas em diversas frentes, serão distribuídas a cerca de 200 famílias carentes

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth) de Estrela iniciou a distribuição de alimentos arrecadados recentemente em diversas ações sociais. Apenas através do Grupo de Apoio e Convivência do Idoso Estrelense (Gracie), em mobilização que envolveu os mais de 600 participantes em gincana realizada entre os 23 núcleos da iniciativa, foram 2,2 toneladas. Outros meios foram a Cavalgada do Bem e a Marcha para Jesus, realizadas nos últimos dias. Expectativa é, com o que será arrecadado em show do Padre Ezequiel Dall Pozzo, no Parque Princesa do Vale, às 21h desta sexta-feira, o montante possa se aproximar de três toneladas e assim beneficiar até 200 famílias carentes cadastradas e atendidas pela Sedesth através de suas diversas frentes de atuação.

Na manhã desta quinta-feira (19), algumas das famílias que são acompanhadas ao longo do ano pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras), na unidade Casa da Cidadania, localizada no Bairro Moinhos, receberam as suas cestas básicas. O titular da Sedesth, José Itamar Alves, prestigiou o trabalho realizado pela assistente social e coordenadora do Cras local, Vanessa Plentz, e sua equipe, no atendimento e credenciamento das famílias mais necessitadas. “Estamos muito contentes em poder contribuir um pouco para um Natal mais completo da família de vocês. Precisamos destacar o empenho de outras famílias para que isso tenha sido possível, como foi o caso do Gracie, que se envolveram na gincana de forma muito dedicada, e de outras que também contribuíram doando estes alimentos de forma espontânea na Cavalgada do Bem e na Marcha para Jesus”, ressaltou o secretário aos presentes.

Vanessa Plentz, do Cras, frisou o momento de solidariedade. “Muitas vezes vocês nos procuram, mas não temos como ajudar em certos pontos. Espero que vocês estendam. Mas não é o caso de agora. Aqui está nossa contribuição. Façam bom proveito. Que a cada ano menos pessoas e quem sabe vocês não necessitem dela.” Viviane Almeida foi uma das pessoas que saiu do Cras carregando a sacola de alimentos, acompanhada do neto Bryan, de apenas 3 anos, de quem cuida. Com alguns problemas familiares, diz que os alimentos vão ser muito bem aproveitados. “Vem em boa hora. Está difícil. Vai ajudar no Natal, mas também nestes dias até lá. Espero que dure. Mas vai dar sim”, garantiu. No total, foram 20 as famílias beneficiadas apenas no local. A distribuição dos alimentos seguiu ao longo do dia em outros pontos, como foi o caso do loteamento Nova Morada. O restante será distribuído na próxima semana.

Texto: Rodrigo Angeli