Trânsito Região RSS Destaques

CIC Vale do Taquari e Amvat buscam uma solução para melhorar o tráfego na estrada que corta a região

Grupo reunido na prefeitura de Lajeado (Foto: SWobeto Editoria e Vídeo)

O assunto foi discutido na manhã da quinta-feira (19), durante uma reunião com o presidente da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) Marcelo Caumo e a diretoria da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari.

Esse foi o primeiro compromisso público do presidente da CIC Vale do Taquari Pedro Antonio Bath, depois da posse. Participaram ainda do encontro, o vice-presidente da CIC Vale do Taquari, Ivandro Rosa, os diretores dos departamentos de energia Ito José Lanius e de relações com entidades, Oreno Ardemio Heineck.

Ambos manifestaram preocupação com o fluxo intenso na rodovia entre Venâncio Aires e Muçum e a precariedade das condições da estrada. Ardemio Heineck relembrou a todos do projeto elaborado há oito anos que apontou alternativas para a duplicação, alargamentos de pista e melhorias no trajeto. “O Estudo de Viabilidade Técnica e Ambiental (EVTA) foi financiado por sete municípios e entregue na época ao EGR. A CIC Vale do Taquari coordenou esse trabalho e o que sempre se buscou é a duplicação, que pode ser segmentada, por trechos.”

O presidente da Amvat Marcelo Caumo também manifestou apreensão que o projeto contemple apenas uma terceira via, ou seja o alargamento da pista. “Nós precisamos pressionar a EGR, com uma política inicial de diálogo para apresentarmos nossa demanda.”

As duas entidades vão promover uma reunião com a EGR e secretaria dos Transportes do RS. O encontro está previsto para o dia 3 de maio, em Porto Alegre, às 11 horas da manhã, com a presença do secretário dos Transportes do RS, Humberto Brandão Canuso e o diretor-presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) Nelson Lidio Nunes. A CIC Vale do Taquari ficou responsável de elaborar um dossiê para entregar no dia.

Texto: Ascom CIC Vale do Taquari