Educação Destaques Teutônia

Colégio Teutônia oferece curso de extensão em Agroecologia e Produção Orgânica

Primeira turma do curso conta com 19 participantes do Vale do Taquari e Serra

O Colégio Teutônia iniciou no mês de maio as atividades da primeira turma do curso de extensão em Agroecologia e Produção Orgânica. A formação com 20 horas/aula tem por objetivo aprofundar a temática da agroecologia e agricultura orgânica, compreendendo seus conceitos, princípios, manejo do solo, nutrição e adubação, proteção das plantas e controle biológico.

Com 19 participantes de sete diferentes municípios do Vale do Taquari e Serra, as aulas do grupo ocorrem nas dependências do CT nas noites de sexta-feira e nas manhãs de sábado, com orientação das professoras Mirian Fabiane Strate, bióloga e doutoranda em Desenvolvimento Rural, e Mara Winkelmann, agrônoma e doutoranda em Fitotecnia.

“A agroecologia recebeu recomendação da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) como forma de garantir alimentos de qualidade, que promovem a saúde e a sustentabilidade dos agroecossistemas. Em um cenário de mudanças climáticas, crise hídrica, avanço da desertificação e crise econômica, criar ecossistemas resilientes é fundamental. A agricultura ecológica restabelece o equilíbrio dos ecossistemas e gera a autonomia dos agricultores, bem como o bem-estar dos consumidores, que têm à sua disposição alimentos com segurança alimentar e nutricional”, destaca a professora Mirian.

A formação está sendo desenvolvida ao longo do mês de maio e conta com a participação de profissionais liberais, agricultores, professores universitários e doutores. “A formação é um grande desafio que se tornou realidade. Temos em nossa sala de aula um grupo com muitas potencialidades”, conclui Mara.

 

 

TEXTO – Leandro Augusto Hamester
Assessoria de Imprensa Prefeitura de Teutônia