Esporte RS Colinas

Colinas dá início a implantação do eisstocksport

A Federação Gaúcha Desportiva de Eisstocksport teve uma grata surpresa no começo do mês de setembro. O Centro Cultural Morgenstern, de Colinas, procurou a FGDE para iniciar a implantação do esporte no município. A proposta deve ganhar corpo neste sábado (21), quando integrantes da FGDE e dos clubes associados estarão na Cidade Jardim, como Colinas é conhecida, para apresentar o eisstocksport durante o Blumentanzfest, um festival com 25 grupos folclóricos e público estimado em 1,2 mil pessoas.

Expansão do eisstocksport é uma das exigências do COI.

O convite para levar o eisstock para mais uma cidade do Vale do Taquari havia sido feito há alguns anos ao pastor Irineo Boettcher, hoje aposentado da IECLB, e ao ex-prefeito de Colinas, Edelbert Jasper, ambos sócios-fundadores do Centro. Na época, o projeto não foi levado a diante, mas a ideia não foi esquecida. Em 2019, ano em que o Centro Cultural Morgenstern – que nasceu em 1990 como um departamento da Comunidade Evangélica de Corvo da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil – completa 29 anos de atividades ininterruptas, sendo o 3º mais antigo grupo folclórico em atividade ininterrupta no Estado do Rio Grande do Sul, a proposta é de promover o resgate das origens.

Conforme o segundo secretário do Centro, Fabrício Kortz, passados 29 anos desde a fundação, a intenção é transformar a entidade efetivamente em um Centro Cultural, não limitado apenas a um grupo de danças. “Dentro disso surgiu a ideia de criarmos um grupo de teatro, de oferecermos cursos ou oficinas de Língua Alemã e de implantarmos a prática do eisstocksport em Colinas, um esporte com origem germânica, de família, onde crianças e idosos, homens e mulheres, podem praticar juntos, sem as limitações típicas de outros esportes”, salienta.

Depois de uma reunião da diretoria do Centro Cultural, com a retomada da ideia inicial de implantação do eisstocksport em Colinas, o primeiro passo foi acompanhar a quarta etapa do Campeonato Gaúcho de Eisstocksport, no dia 1º de setembro, no Centro de Cultura Alemã de Lajeado. “Tivemos a oportunidade de conversar com as direções da FGDE e dos clubes, que desmistificaram o esporte e nos motivaram ainda mais a levarmos adiante o ‘Projeto Eisstocksport Colinas’”, complementa Kortz.

Na sede do Centro Cultural Morgenstern há uma antiga quadra de esportes desativada. A estrutura necessita de uma pequena reforma e ampliação. De acordo com o presidente da FGDE, Sergio Böhm, os clubes já existentes irão emprestar material de treino para o início das atividades. “Ficamos imensamente felizes por essa procura deles pelo esporte. Vamos auxiliar no que for preciso para que o projeto saia do papel. O esporte está na próximo de ir para as Olimpíadas e o crescimento é uma das reivindicação do Comitê Olímpico Internacional”, comemora o dirigente.

Crédito: Divulgação