Emprego RS RSS Estrela

Com certificados em mãos

Formandos dos programas Jovem Aprendiz, Encaixe e autoridades (Foto: Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela)

Pais e demais familiares de 49 jovens na faixa etária dos 13 aos 17 prestigiaram, na tarde desta quinta-feira (22), a entrega dos certificados do Programa Jovem Aprendiz – Desenvolvendo gerações, oferecido gratuitamente pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth) em parceria com o Governo Federal por meio do Ministério do Desenvolvimento Social. O evento realizado na Câmara de Vereadores selou a formação da sétima turma do programa que desde outubro de 2017 capacitou mais de 210 jovens no contexto dos mais diversos temas educacionais e profissionais de base, sendo que cerca de 60% dos formandos já estão realizando estágios ou alguma atividade profissional. O projeto Encaixe, este voltado para a reinserção no mercado de trabalho de pessoas de mais idade ou baixa escolaridade e renda, também entregou certificados a mais de dez dos participantes.

Silêncio, olhares tímidos e sorrisos acanhados marcaram a chegada de todos no plenário da Câmara, que ficou lotado. Com a aproximação de conhecidos dos próprios participantes do programa, o local se tornou mais familiar. Sorrisos escancarados e abraços somente ao fim da sessão, já todos com os certificados em mãos. “Achei muito interessante. Aprendi coisas que são importantes na hora de buscar um emprego que eu nem imaginava. Como se vestir, como falar”, destacou Eduarda Micaela Fernandes (17). Ela estava acompanhada da mãe, Cíntia da Silveira (34), e dos irmãos Isadora (5) e Emanuel (dois meses). “Estou muito orgulhosa da minha filha. Antes, tímida, nem iria dar uma entrevista”, revelou a mãe da jovem. Sozinho, mas não menos orgulhoso, estava Velci Camargo da Rosa (61). Morando há dois anos em Estrela, veio do Mato Grosso do Sul para ficar mais perto das irmãs e em busca de mais oportunidades depois que desistiu da vida no campo e do pequeno comércio de comidas na região central do País. “Gostei muito do curso. Ainda mais para mim que tenho só até a 5ª série. Ainda busco um emprego fixo, mas já faço meus bicos em serviços gerais e na cozinha de eventos. Mas espero mais agora”, confidenciou o senhor.

Marcaram presença no evento o secretário da Sedesth, José Itamar Alves; o coordenador do Sine, Roberto Cardoso; e também a diretora de Recursos Humanos da Conpasul, Denise Pacheco Ruschel, e a representante da Viauni Cursos, Zanella Mezzomo, empresas parceiras e que acreditam no Jovem Aprendiz. Vereadores, representantes do Lions Clube e do Rotary Club de Estrela, da Liga Feminina de Combate ao Câncer, da Cacis e da Univates também prestigiaram a solenidade. “A busca pelo primeiro emprego é apenas a primeira batalha na vida de vocês. A volta ao mercado de trabalho outra, mas que exige esforço”, falou aos formandos o profissional responsável pela aplicação do curso, Fabiano Conte. “Façam proveito do que aprenderam. Mas sigam sempre em busca do aperfeiçoamento”, ressaltou o secretário Alves.

Lançado em outubro de 2017, o programa Jovem Aprendiz tem como principal objetivo fortalecer os vínculos familiares e comunitários, através da oferta de ações socioeducativas e da criação de condições para a inserção, reinserção e permanência dos jovens no sistema educacional, na perspectiva de assegurar a proteção social básica. Nos quatro encontros intercalados são passados o atual e futuro contexto do mercado de trabalho; dicas, técnicas e de comportamento em geral, desde como se portar e falar em público e orientações para uma excelência no atendimento a pessoas, colegas e clientes. Objetivo comum tem o projeto Encaixe. Mais informações na Sedesth (Rua 13 de Maio, nº 398) e pelo telefone 3981-1052.

Texto: Ascom Estrela