Saúde RSS Colinas

Combate ao Aedes Aegypti: agentes visitam domicílios

Agente durante coleta em residência no centro (Foto: Divulgação)
Agente durante coleta em residência no centro (Foto: Divulgação)

Através de uma solicitação da 16ª Coordenadoria Regional da Saúde, o município de Colinas está realizando o levantamento de índice de amostras de possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti, vetor das doenças dengue, zika vírus e chikungunya. Em um grupo formado pelos agentes comunitários de saúde e agente de endemias e outros profissionais da saúde, eles percorrem as residências da área urbana para coletar possíveis larvas. O mutirão visitará 33% dos domicílios da sede, que foram sorteados aleatoriamente, conforme cronograma da 16ª Coordenadoria Regional da Saúde. A ação tem por objetivo atuar no bloqueio de casos e eliminação de criadouros, com ações focadas no bloqueio da transmissão do vírus. Pelo período de cinco dias, tempo destinado à iniciativa, os agentes comunitários não estarão visitando as localidades do interior. Após, o serviço volta a ocorrer normalmente.

Saiba mais
O mosquito Aedes aegypti se reproduz em água parada e é responsável pela transmissão de graves doenças como a Dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus. Para prevenir e combater a proliferação do mosquito transmissor dessas doenças, é fundamental evitar vasos com plantas aquáticas; remover folhas, galhos e tudo o que possa impedir a água de correr pelas calhas; manter a caixa d–água bem fechada; colocar o lixo em sacos plásticos e lixeiras fechadas; não deixar água da chuva acumulada nas lajes; encher bordas dos pratos de vasos de areia; guardar garrafas vazias de cabeça para baixo; evitar o acúmulo de pneus velhos; lavar semanalmente tanques pra reserva de água; tampar tonéis e barris d–água; manter a piscina tratada o ano inteiro; limpar com escovação os bebedouros de animais.

Texto: Portal Região dos Vales/Ascom Colinas