Cultura Social Destaques Forquetinha

Comissão julgadora avalia jardins em Forquetinha

Vencedores dos melhores espaços serão conhecidos no fim do mês

Seis melhores espaços serão premiados. Este ano mais de 100 famílias estão inscritas 

A comissão julgadora do “O Mais Belo Jardim” percorreu esta semana os mais de 100 espaços inscritos. Participaram da avaliação o responsável pela jardinagem do município, o servidor Volnei Nied, a assistente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lajeado, Luisa Bauer e a assistente técnica regional da área Social da Emater de Lajeado, Elizangela Teixeira. “Ficamos encantados com a beleza e os cuidados de cada jardim. Foi muito difícil escolher os melhores, pois cada um tem uma particularidade especial”, resumem.

Conforme o secretário da Agricultura e Meio Ambiente, Adair Pedro Groders, a ação tem por objetivo embelezar o município, incentivar o turismo e manter viva a tradição herdada dos primeiros colonizadores. “Ter um jardim bonito, uma cidade florida e limpa, além de atrair mais turistas, eleva a autoestima das pessoas. Com a chegada da Primavera, nosso município estará cheio de flores”, afirma.

Incentivo 

Segundo Groders, cada inscrito recebeu 60 mudas, compradas pela secretaria, como forma de estimular o plantio e o embelezamento.

Outro objetivo da ação é destacar a importância da população ter uma horta e um pomar. “A ideia é cada família produzir suas frutas e hortaliças consumidas no dia a dia. Assim criamos hábitos mais saudáveis”, observa.

Premiação 

O Executivo distribui entre os seis primeiros colocados o montante de R$ 2,8 mil. Para o prefeito Paulo José Grunewald, o projeto estimula o turismo e incentiva a produção de alimentos. “Esta tradição de ter um jardim é uma herança dos antepassados e nós queremos manter. Além disso, buscamos fazer com que as famílias entendam a importância de ingerir alimentos cultivados sem agrotóxicos. Começamos esta ação nos colégios e agora levamos para todo município”, explica.

Na edição passada os ganhadores foram Marciane Welzbacher (R$ 800), Gilberto Scheibe (R$ 600), Sideno Wolfart (R$ 500), Noedir Schmitz (R$ 400), Clair Scheid (R$ 300) e Loiva Quinot (R$ 200).

 

 

Assessoria de Comunicação de Forquetinha