Artigos - Gestão de Pessoas

Como elaborar um currículo atrativo? – Por Márcia Sehn

Márcia Sehn (Foto: Divulgação)

Dedicar um tempo para elaborar um bom currículo pode aumentar as suas chances de participar das etapas seguintes dos processos seletivos.

Você já ouviu essa premissa “A primeira impressão é a que fica”, ela vale também para os currículos, já que pode não haver uma segunda chance para o candidato conquistar a vaga tão sonhada.

Assim, um currículo simples, bem estruturado, sem erros e que contenha informações verdadeiras aumenta a possibilidade do candidato receber melhores oportunidades de trabalho.

É importante ressaltar que não há uma única regra para a elaboração de um currículo atrativo para o mercado. Mas há alguns passos que podem ser seguidos e que irão ajudá-lo a ganhar destaque.

Separei, a seguir, dicas valiosas que irão auxiliá-lo a colocar o seu perfil em destaque.

Liste os canais de contato que você tem – É importante listar todos os canais de contato que você possui: telefone, e-mail, redes sociais, etc., e eles devem estar atualizados. Utilize as redes sociais sempre com cautela, pois elas são uma fonte de pesquisa utilizada pelos recrutadores durante os processos de seleção.

Fale dos seus objetivos profissionais – Deixe seu objetivo profissional muito claro para que o recrutador identifique as suas ambições e metas de carreira. Resuma suas habilidades profissionais, enfatizando os resultados obtidos em cada experiência da sua trajetória, sem exagerar no autoelogio, somente relate de forma sincera as suas qualidades.

Os cursos e eventos que já participou são essenciais –  Estar sempre se atualizando e adquirindo novos conhecimentos é fundamental para sua boa empregabilidade. Participar de cursos e eventos demonstra o quanto você se dedica à carreira e como se esforça para se aprimorar e se desenvolver.

Não utilize fotos – Não há necessidade de utilizar fotos no currículo – O objetivo do currículo é destacar as qualificações do candidato e demonstrar de que forma ele é atraente para o mercado – tudo isso de modo profissional. Forneça fotos somente se for uma exigência da empresa e, nesse caso, escolha uma imagem sóbria, profissional e que demonstre seriedade –nada de fotos nas festas!

Faça uma boa formatação no documento –  apresentação visual do currículo também soma pontos. Escolha fontes sóbrias e legíveis. Prefira uma fonte simples, como Arial ou Times New Roman, com tamanho 12 para o conteúdo em geral, 14 para subtítulos e 18 para que seu nome tenha destaque.

Evite colocar pretensão salarial – Só coloque essa informação se o anúncio da vaga mencionar essa solicitação. Ao contrário, deixe que esse dado seja solicitado no momento da entrevista. Fornecendo um currículo objetivo, bem estruturado e atrativo você aumenta suas chances de ser chamado para uma entrevista e poderá dizer, pessoalmente, sua pretensão salarial e negociar valores.

Faça um documento personalizado – Fazer um currículo atraente é adaptá-lo às expectativas e características específicas do potencial empregador. Quanto mais personalizado, melhor. Se a empresa busca um profissional com perfil ligado à gestão de pessoas, por exemplo, coloque em evidência todos os cursos e experiências que você já teve na área. Em vez de enviar um currículo genérico, mande algo que você fez pensando especialmente o jeito e na cultura daquela organização e nas exigências da vaga.

Ótima semana!

Marcia Sehn – Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Pós-Graduada em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas