Artigos - Gestão de Pessoas

Como escolher a profissão certa? – por Márcia Sehn

Márcia Sehn (Foto: Divulgação)
Márcia Sehn (Foto: Divulgação)

Escolher a profissão nem sempre é tarefa fácil. As dúvidas são muitas: qual o caminho profissional seguir? Qual a profissão escolher? Será que vou ganhar dinheiro? Serei bem sucedido? E essas reflexões são fundamentais, especialmente nos dias de hoje, com as profissões tradicionais dividindo espaço com as novas opções que despontam no mercado de trabalho.

O primeiro passo e um dos mais importantes é você possuir autoconhecimento. Mas o que isso significa, afinal? Na prática, é fazer um exercício para descobrir quais são as coisas que você mais gosta de fazer, aquelas que você se interessa em aprender, quais são seus valores de vida, propósito e suas principais características, os seus talentos, o que você faz bem e com facilidade e que outras pessoas não fazem. Parece algo simples de se fazer, mas requer uma certa dedicação e tem que tirar um tempo e fazer essa análise interna para entender como você pensa.

Outra forma interessante é buscar saber como as pessoas te percebem, que imagem é essa que você tem e que aparece quando elas pensam em você. Essa busca pessoal vai trazer respostas sobre você no âmbito comportamental.

O próximo passo seria identificar quais são as suas habilidade técnicas.Buscar esse conhecimento sobre si próprio é importante porque nos leva a movimentos mais assertivos na vida. Às veze as pessoas perdem tempo tentando desenvolver aquilo que não fazem bem apenas porque acreditam que é isso que o mercado de trabalho precisa. Mas o que você quer e precisa?

Infelizmente muitas pessoas estão escolhendo e buscando sucesso profissional, considerando somente o resultado financeiro. O dinheiro não passa de um atividade meio, ou seja, ele virá desde que você se esforce em atingir seus objetivos finais, atingindo metas, sendo persistente no seu sonho.

A dica para resolver a equação da carreira está em colocar força e energia naquilo que “te diferencia”, por isso é tão importante se conhecer. O fato, porém, é que poucas pessoas se conhecem a fundo e muitas precisam de ajuda nesse sentido.

Buscar um profissional de orientação de carreira pode ser uma boa alternativa, afinal, ele poderá auxiliá-lo na compreensão dos vários fatores que você deverá considerar antes de fazer sua escolha, por exemplo, aspectos familiares, sociais e, principalmente, pessoais.

Cautelosos a essas questões, as alternativas ficarão mais claras e a decisão será tomada com bom senso e sabedoria. Já dizia o empresário norte-americano Roy Disney: “não é difícil tomar decisões quando você sabe quais são os seus valores”.

Ótima semana!

Marcia Sehn – Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Pós-Graduada em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas