Melhor Idade Saúde Destaques Lajeado

Comunidade discute saúde e direitos da pessoa idosa nas Conferências Municipais

Conferência Idoso. Foto Pietra Darde

Centenas de pessoas participaram nesta quarta-feira, 27/03, das duas conferências realizadas pela Prefeitura de Lajeado e os respectivos Conselhos Municipais: a 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa e a 7ª Conferência Municipal de Saúde de Lajeado. As conferências contaram com palestras, debates, formações de grupos e definição dos delegados que representarão o município nos eventos estaduais.

A 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa

Cerca de 150 pessoas, entre idosos e jovens, estiveram reunidas no Centro Ello, no São Cristóvão, para avaliar os direitos da pessoa idosa e para proporem melhorias durante a 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, realizada pela Prefeitura de Lajeado, por meio da Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sthas) e do Conselho Municipal do Idoso (CMI), com o apoio do Centro Ello.

Com o tema central em “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, os participantes foram recepcionados pela banda Alegria e Amizade, do grupo de idosos do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) – Espaço da Cidadania, que apresentaram suas canções. A vice-prefeita Gláucia Schumacher, a titular da Secretaria da Educação Vera Plein, a presidente da Câmara de Vereadores, Neca Dalmoro, e a presidente do CMI, Cristini Graebin, estiverem presentes no evento.

Conforme uma das organizadoras do evento e coordenadora do CRAS – Espaço de Todos Nós, Kelly Silveira, o objetivo do encontro é garantir os direitos dos idosos em diversos aspectos, como segurança, proteção social, políticas públicas, saúde, educação, assistência social, lazer, entre outras. “Esse é um espaço para debatermos sobre o protagonismo do idoso na cidade de Lajeado, de construir novos direitos, resgatar e garantir os que já existem. Esse será o futuro das próximas gerações”, disse Kelly.

Após a apresentação musical e o coffe break, ocorreu a abertura oficial do evento. A mesa oficial foi composta pela vice-prefeita Gláucia Schumacher, pela presidente da Câmara de Vereadores, Neca Dalmoro, e pela presidente do CMI, Cristini, que em sua fala homenageou os demais conselheiros e organizadores do evento. “A Conferência foi pensada com muito carinho. Estamos unidos hoje para trocar ideias, problemas e encontrar soluções. Assim, vamos construir uma sociedade que valoriza cada vez mais o idoso”, disse Cristini.

“Parabéns a todos vocês que vieram até aqui hoje e fizeram essa Conferência acontecer. É um momento para a gente pensar no futuro e refletir sobre o que nós queremos. Nada será imediato mas é importante nos unirmos, buscarmos e construir um futuro melhor para os idosos de Lajeado”, ressalta a vice-prefeita Gláucia Schumacher.

A programação seguiu com a palestra de Fernanda dos Santos, doutora em Ciências pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) e enfermeira do Ambulatório de Especialidades do Centro Clínico da Univates. Fernanda abordou os desafios do envelhecimento e trouxe dicas para se prevenir de quedas e outros riscos. Ainda, Fernanda trouxe dados estatísticos sobre os idosos.

Após o almoço, o evento seguiu com mais atividades. Os participantes foram divididos em dois grupos, apresentaram e votaram em novas diretrizes voltadas à garantia dos direitos da pessoa idosa, a nível municipal, estadual e da União.

Ângelo Caliari, 69 anos, é integrante do Coral do Projeto Conviver e participa do grupo de idosos do seu bairro São Cristóvão. “Para mim, os idosos são patrimônios. E se nós, idosos, não discutirmos isso, não vamos conquistar e garantir nossos direitos”, disse.

Ainda, definiriam os 4 delegados que representarão o município na 6ª Conferência Estadual da Pessoa Idosa, que ocorre nos dias 31/05, 1º/06 e 02/06, em Porto Alegre. A Conferência Municipal acontece a cada 4 anos.

A 7ª Conferência Municipal da Saúde

Conferência Saúde. Foto Giovani Marasca

Com o tema “Democracia e Saúde: Saúde como direito e consolidação e financiamento do SUS”, a 7ª Conferência de Saúde, aconteceu no auditório do Prédio 7 da Univates. O evento reuniu mais de 300 pessoas e contou com a presença do prefeito Marcelo Caumo, do novo titular da Secretaria da Saúde (Sesa) Cláudio Klein, do presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), Günter Rockenbach, do vice-presidente Nelson Johnann, que também compuseram a mesa oficial junto com Beatriz Maria Walker, representante da comunidade. Realizado pela Prefeitura de Lajeado, por meio da Sesa e do CMS, a Conferência encerrou com a eleição dos delegados que representarão o município no evento estadual.

Pela manhã, após a abertura oficial, representantes das entidades e grupos sociais onde ocorreram as sete pré-conferências, relatam suas participações e suas propostas. As pré-conferências foram realizadas pelo Conselho durante os meses de fevereiro e março, envolvendo cerca de 180 pessoas, visando qualificar a participação de grupos.

A coordenadora da Atenção Básica da secretaria, Nilse Gemelli Lavall, fez uma breve apresentação do panorama da saúde no município de Lajeado. Segundo Nilse, é fundamental que a população conheça os serviços realizados pela Secretaria e enfatizou a importância de ter espaços de discussão a fim de criar propostas concretas e efetivas buscando a melhoria da saúde.

Para a aluna do curso de Psicologia da Univates, Joana Dullius, 20 anos, o evento tem um papel muito importante para que sejam apresentadas e discutidas as diretrizes da saúde no município. “Esse é meu primeiro ano de participação e, como estudante de Psicologia, vejo este evento como fundamental, tanto para conhecermos todos os espaços de saúde que o município oferece, como o conhecimento e o debate das propostas”, comenta Joana.

Integrante do Conselho Estadual de Saúde, Ana Vealss foi a responsável pela palestra principal, na qual enfatizou a importância de trabalhar políticas focadas na saúde, e não na doença. Conforme Ana, a saúde é um direito e necessita de financiamento adequado, sendo necessário consolidar os princípios dos SUS.

À tarde, os trabalhos foram retomados com a formação de grupos, que discutiram os temas abordados e definiriam os 12 delegados que representarão o município na 8ª Conferência Estadual da Saúde, que acontecerá entre os dias 24/05 e 26/05, em Porto Alegre.

 

Texto: Pietra Darde
Assessoria de Imprensa de Lajeado