RS RSS Rural Vespasiano Corrêa

Condomínio Vespasiano Corrêa assina contrato para liberação de financiamento

Área tem 11 hectares e recebeu parte do serviço de terraplenagem (Foto: Carina Marques)

Os sócios do Condomínio Vespasiano Corrêa foram o segundo a assinar o contrato para liberação de financiamento para edificação de núcleo que abrigará frangos de corte que abastecerão o frigorífico de aves da Dália Alimentos. A assinatura foi realizada no dia 16 de outubro, na Câmara de Vereadores de Vespasiano Corrêa, com a presença dos 19 sócios, além de representantes do Sicredi, agente financiador da linha de crédito do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp).

Vespasiano Corrêa é um dos nove municípios parceiros do projeto da Dália Alimentos, sendo os outros Encantado (que já assinou o contrato no dia 5 de outubro), Anta Gorda, Mato Leitão, Venâncio Aires, Vespasiano Corrêa, Marques de Souza, Cruzeiro do Sul e o último município a definir.

O presidente do Conselho de Administração, Gilberto Antônio Piccinini, participou do ato que marcou mais um passo para os associados daquela região e frisou que se trata de um projeto que marcará uma nova era na criação de frango de corte. “Quando pensamos neste projeto, assim como ocorreu com o gado leiteiro, pensamos no modo associativo justamente para assegurar a continuidade da atividade no campo, em pequena escala. Vocês são protagonistas de mais um projeto pioneiro e inovador e que tem o aporte de uma cooperativa séria, comprometida e parceira como a Dália”.

Piccinini ressaltou que todos precisam ter comprometimento, estar engajados no projeto e acompanhar o andamento das obras, afinal, o projeto é de todos. Agradeceu, em especial, à parceria com o município de Vespasiano Corrêa, que cedeu a área de terra para edificação do empreendimento, e também ao Sicredi, agente financiador. “É uma cooperativa fortalecendo outra”.

Cada núcleo de produção terá oito pavilhões com capacidade para alojar 275 mil aves por lote. Estes frangos irão abastecer o frigorífico que está em fase adiantada de implantação, com instalação de máquinas e equipamentos em Arroio do Meio, na localidade de Palmas, às margens da ERS-130.

Com a terraplenagem finalizada e os recursos para construção dos pavilhões em caixa, cada condomínio poderá iniciar as obras. Os materiais empregados na edificação e no sistema dos aviários serão modernos e com alta tecnologia no sistema Dark House. Estima-se que após iniciada a construção, o prazo para conclusão da obra seja de aproximadamente oito meses. A empresa contratada para executar as obras é a Plasson, com sede mundial em Israel e nacional em Criciúma, Santa Catarina.

SAIBA MAIS – AMÉRICA PROGRAMA AVÍCOLA

O América Programa Avícola da Dália Alimentos é dividido em quatro etapas: matrizeiro, incubatório, núcleos de produção de frango de corte e complexo avícola.

– MATRIZEIRO: Será edificado no município de Vale Verde, na região do Vale do Rio Pardo. O investimento será de R$ 20 milhões e terá a participação de 37 funcionários da Dália, além da cota da própria cooperativa. Neste empreendimento serão produzidos os ovos férteis. O matrizeiro compreenderá duas granjas matriz/recria com capacidade para 25 mil matrizes cada e quatro granjas matrizes/postura com capacidade para 24 mil matrizes cada.

– INCUBATÓRIO: Será construído no município de Mato Leitão, no Vale do Rio Pardo. O empreendimento produzirá 1,2 milhão de pintos/mês, com investimento de R$ 12 milhões.

– NÚCLEOS DE PRODUÇÃO DE FRANGO DE CORTE: Serão nove núcleos para terminação de frango de corte. Oito áreas já estão consolidadas para implantação dos condomínios, sendo definidos os municípios de Encantado, que terá duas áreas, Anta Gorda, Marques de Souza, Mato Leitão, Venâncio Aires, Vespasiano Corrêa e Cruzeiro do Sul. Cada núcleo terá oito pavilhões com capacidade para alojar 275 mil aves/lote. O investimento em cada condomínio será de aproximadamente R$ 7,5 milhões e participam desta etapa do projeto em torno de 180 associados, mais a cota da cooperativa em cada um dos núcleos.

– COMPLEXO AVÍCOLA: Está em fase de construção no município de Arroio do Meio, na localidade de Palmas, no Vale do Taquari. Compreende um frigorífico de aves, uma fábrica de farinhas e uma fábrica de rações. O complexo demandará investimento de R$ 95 milhões por parte da Dália Alimentos. O abate inicial será de 55 mil aves/dia com capacidade posterior de abate para até 110 mil aves/dia.

Texto: Ascom Dália Alimentos