RSS Eventos Destaques Lajeado

Construmóbil 2017: Grupo planeja ações sobre Economia Colaborativa

Encontro serviu para troca de ideias e planejamento de ações sobre o tema da feira  (Foto: Simone Rockenbach)
Encontro serviu para troca de ideias e planejamento de ações sobre o tema da feira (Foto: Simone Rockenbach)

A Feira da Construção Civil, Mobiliário e Decoração do Vale do Taquari – Construmóbil 2017 quer mais uma vez servir de impulso aos negócios da cadeia produtiva que representa. E para que o evento, programado para o período entre 26 de setembro e 1º de outubro, alcance seus objetivos, a comissão organizadora intensifica os preparativos a partir deste mês. Na terça-feira (21), um grupo se reuniu na Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil) para planejar ações em torno do tema da 8ª edição, que é Economia Colaborativa. O mote foi apresentado durante a Expovale 2016, em novembro, e desde então a comissão organizadora o debate, associado aos demais detalhes que fazem parte da programação geral e estrutura da feira.

Assim como na edição de 2015, o objetivo é aproveitar a força da feira para dar amplitude a um assunto de interesse coletivo. Em sequência ao Cidades Criativas, o tema Economia Colaborativa quer despertar as pessoas para esse novo conceito de consumo, o qual estimula o compartilhamento e o reaproveitamento de materiais. “Muitas vezes, já fazemos as coisas seguindo essa linha colaborativa, mas nem nos damos conta”, observa a ex-presidente da feira e arquiteta Marta Peixoto. Os casos são variados e em todas as áreas, inclusive nas que se relacionam com a feira. “Dividir furadeira entre um grupo, por exemplo. Quando vamos ver, o que precisamos mesmo são os furos, e não o equipamento em si”.

Ex-presidente da Construmóbil 2015 e também membro da comissão atual, o empresário Clécio Vargas observa que a intenção é explorar a economia colaborativa como geradora de negócios. Durante o encontro, o grupo analisou ideias e conversou sobre estratégias para dar destaque ao tema. Entre elas, dar visibilidade ao que já existe, como forma de incentivo e valorização, promover evento de reflexão focado na temática e trazer especialistas que contribuam com a discussão. Seriam atividades pré-feira, as quais se completam com exemplos práticos demonstrados durante a Construmóbil 2017.

A Construmóbil 2017 tem à frente da comissão organizadora o empresário Marcos Mallmann. Os espaços para expositores já estão à venda, bem como a captação de empresas apoiadoras e patrocinadoras. Na edição passada, a Construmóbil reuniu 21 mil pessoas e gerou R$ 29 milhões em negócios.

Texto: Ascom Acil